Análise Descritiva da Precipitação, Temperatura, Umidade e Tendências Climáticas no Recife - Pe

Roni Valter de Souza Guedes, Thiago Luiz do Vale Silva

Resumo


Os efeitos das mudanças climáticas sobre as principais variáveis atmosféricas locais é o objeto deste estudo, a partir de dados de 1961 a 2019 para a localidade do Recife-PE. A metodologia engloba uma análise exploratória e descritiva com distribuição de frequencia por faixas de intensidades pluviométricas e identificação de tendências em escalas temporais diversificadas em meses, quadras, estações, anos e décadas das variaveis precipitação, temperaturas e umidade do ar. Verificou-se redução das precipitações em algumas faixas intermediárias e aumento dos dias sem chuva, chuvas leves e chuvas intensas, com tendência anual da precipitação de diminuição ao longo das décadas. Observou-se também tendências de aumento das temperaturas máximas, mínimas e diminuição das umidades, com taxas diferenciadas entre os meses secos e chuvosos, com maiores variações nas estações de transição e indicativo de verões mais quentes e secos. A conclusão é que o clima do Recife está mudando alguns padrões climatológicos, com tendência de chuvas extremas durante a quadra chuvosa e provável aumento de ondas de calor fora do periodo chuvoso.


Palavras-chave


Mudança do Clima, frequências de intensidade, variações sazonais e decadais

Referências


ANDREOLI, R. V.; KAYANO, M. T. TROPICAL PACIFIC AND SOUTH ATLANTIC EFFECTS ON RAINFALL VARIABILITY OVER NORTHEAST BRAZIL. International Journal of Climatology, 2006. v. 26, n. May 2006, p. 1895–1912.

COSTA, M. B. S. F. et al. Vulnerability and impacts related to the rising sea level in the Metropolitan Center of Recife, Northeast Brazil. Pan-American Journal of Aquatic Sciences, 2010. v. 5, n. 2, p. 169–177.

EBI, K. L.; NEALON, J. Dengue in a changing climate. Environmental Research, 2016. v. 151, p. 115–123.

GOMES, Helber Barros et al. Easterly Wave Disturbances over Northeast Brazil: An Observational Analysis. Advances in Meteorology, 2015. v. 2015, p. 1–20.

HÄNSEL, S. et al. Assessing Homogeneity and Climate Variability of Temperature and Precipitation Series in the Capitals of North-Eastern Brazil. Frontiers in Earth Science, 2016. v. 4, n. March, p. 1–21.

LENDERINK, G.; MEIJGAARD, E. VAN. Linking increases in hourly precipitation extremes to atmospheric temperature and moisture changes. Environmental Research Letters, 2010. v. 5, n. 2.

SCHROEER, K.; KIRCHENGAST, G. Sensitivity of extreme precipitation to temperature: the variability of scaling factors from a regional to local perspective. Climate Dynamics, 2018. v. 50, n. 11–12, p. 3981–3994.

SILVA, D. F. Da; et al. Caracterização de eventos extremos e de suas causas climáticas com base no Índice Padronizado de Precipitação Para o Leste do Nordeste. Revista Brasileira de Geografia Física, 2020. v. 13, n. 2, p. 449–464.

SILVA, T. L. Do V. et al. Ocean-atmosphere feedback during extreme rainfall events in eastern Northeast Brazil. Journal of Applied Meteorology and Climatology, 2018. v. 57, n. 5, p. 1211–1229.

SOUZA, W. M. De;; AZEVEDO, P. V. De. Índice de detecção de mudanças climáticas derivados da precipitação pluviométrica e das temperaturas em Recife-PE. Revista Brasileira de Geografia Física, 2012. v. 01, p. 143–159.

WANDERLEY, L. S. De A. et al. As chuvas na cidade do Recife: uma climatologia de extremos. Revista Brasileira de Climatologia, 2018. v. 22, n. 14, p. 149–164.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.07.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License