O itamaraty e a institucionalização das políticas de repressão ao comunismo: revisão e novos apontamentos historiográficos. // The itamaraty and the institutionalization of the politics of repression to the communism: revision and new historiográficos appointments.

Adrianna Cristina Lopes Setemy

Resumo


 

Malgrado os esforços encetados por analistas integrantes e ex-integrantes da carreira diplomática, além de analistas externos, com vistas a consolidar uma prática discursiva e memorialística que caracteriza o Itamaraty e seu corpo funcional pela independência e distanciamento em relação a querelas partidárias e ideológicas, a análise dos telegramas trocados entre o Itamararty e suas embaixadas na Argentina e no Uruguai, entre 1935 e 1966, demonstra que foi no luxo das repartições diplomáticas que os chanceleres participaram de maneira decisiva das atividades de informação e segurança do Estado brasileiro contra a ameaça representada pelo “perigo comunista”, através da execução de tarefas rotineiras, como a redação de informes sobre as atividades de brasileiros exilados no exterior, a presença ou passagem pelo Brasil de estrangeiros considerados suspeitos por ideias e atividades políticas.


Despite the efforts of analysts that were members and former members of the diplomatic career, and outside analysts, to consolidate a discursive and memorialistic practice that characterizes the Foreign Ministry and its staff for independence and detachment from the partisan and ideological quarrels, the analysis of telegrams exchanged between Itamararty and their embassies in Argentina and Uruguay, between 1935 and 1966, shows that was in the luxury of diplomatic offices that chancellors decisively participated of information and security activities of the Brazilian State against the danger posed by "communist threat", by performing daily tasks, such as writing informs on the activities of Brazilian exiles abroad, the presence or passage by Brazil of foreign suspects considered by political ideas and activities

 


Palavras-chave


diplomacia, comunismo, Informações. // diplomacy, communism, Information.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas