O DELEGADO E A TEIA: A MONTAGEM DO APARATO POLICIAL NO RECIFE DURANTE A PRIMEIRA DÉCADA DO SEGUNDO REINADO (1840-1850).

Wellington Barbosa da Silva

Resumo


O artigo analisa a montagem da estrutura policial brasileira na primeira década do Segundo Reinado, a partir da teia de controle social que o Delegado Francisco Carlos Brandão elaborou, com o intuito de preservar a tranqüilidade pública e a ordem institucional no Recife do período em tela.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

             


                          

 

 

  Endereço: Avenida da Arquitetura, s/n, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) - 10º andar, CEP: 50740-550, Cidade Universitária, Recife-PE, Brasil. Email: editorclio@gmail.com. Fone: +55 (81)2126-8291