VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA IDOSOS: PERCEPÇÃO E CONDUTA DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

Juliana piveta de lima, Daiane Porto Gautério Abreu, eliel de oliveira bandeira, Nidia farias fernandes martins, Aline Rodrigues Costa, Francine Moralles de oliveira

Abstract


Objetivo: analisar a percepção e a conduta dos Agentes Comunitários de Saúde frente a casos suspeitos ou confirmados de violência contra a pessoa idosa. Método: estudo exploratório descritivo de abordagem qualitativa. Foram realizadas 22 entrevistas com agentes comunitários de saúde de um município do extremo sul do Rio Grande do Sul, de fevereiro a abril de 2016, as quais foram analisadas pelo método de análise textual discursiva. Resultados: os participantes identificaram tanto os casos confirmados de violência, quanto os suspeitos; perceberam os principais sinais de violência contra a pessoa idosa e tiveram como principal conduta levar os casos para discussão com os demais membros da equipe de saúde. Conclusão: torna-se importante investir na capacitação dos agentes comunitários de saúde para um melhor atendimento e encaminhamento das pessoas idosas vítimas de violência. 


Keywords


Idoso; Agentes Comunitários de Saúde; Maus-Tratos ao Idoso; Violência Doméstica; Estratégia Saúde da Família; Enfermagem.



DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i7a231621p1970-1977-2018



Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios