Phases of family stress drug users, interrelation with hospitalization

Itiana Vianna Fontana, Eniva Miladi Fernandes Stumm, Rosane Maria Kirchner, Liamara Denise Ubessi

Resumo


Objetivo: Relacionar fases de estresse de familiares de usuários de substâncias psicoativas, assistidos em um hospital geral, em um Centro de Atenção Psicossocial e em um grupo de apoio a familiares de dependentes químicos de um município do noroeste do Rio Grande do Sul, com a variável internação hospitalar dos referidos sujeitos. Metodologia: Quantitativa, descritiva, transversal, com 40 familiares, em março e abril/2010, com os instrumentos: “Inventário de Sintomas de Stress”, dados sociodemográficos. Observados preceitos éticos de pesquisas com pessoas. Resultados: Maioria mulher, divorciada, mãe, cônjuge, nas Fases Intermediárias e Finais do Estresse, independente do número e formas de internação. Cruzamento de formas de internação segundo grau de parentesco, na espontânea e por imposição familiar, percentual maior, mães, cônjuges; por ordem judicial, pai, outros. Conclusão: Resultados podem ser utilizados para qualificar a assistência aos familiares desses usuários. 

Palavras-chave


Estresse fisiológico; estresse psicológico; família; dependência de drogas; internação hospitalar.

Texto completo:

PDF (English) PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v6i10a7477p2379-2386-2012



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios