UNIVERSALIZAÇÃO DA MATRICULA EM UM ESTADO DE DESCENTRALIZAÇÃO: ENSINO FUNDAMENTAL EM TEMPOS DE FUNDOS

Rosângela Maria de Oliveira Silva, Magna França

Resumo


Este trabalho apresenta estudos sobre o processo de municipalização ocorrido na rede de ensino estadual e de Natal no estado do Rio Grande do Norte, cujo foco de análise são os efeitos da implementação do Fundef e Fundeb na movimentação das matrículas do Ensino Fundamental, no período 1996-2010. Utilizaram-se como referencial teórico, a legislação dos Fundos contábeis, os dados educacionais do Inep/MEC, o Censo Escolar, bem como autores que discorrem sobre a temática em questão. A análise na rede estadual aponta para a variação no número de alunos registrada no ensino fundamental (1ª ao 9ª ano) mostrando uma queda constante na matrícula. O resultado apresenta um decréscimo na matrícula em todo o ensino fundamental da rede estadual. Na matrícula da rede municipal de Natal-RN, constatou-se que, no período de operacionalização dos Fundos, a matrícula apresentou crescimento, não gradativo, mas cíclico durante o referido período, delineando uma posição de que ocorreu uma municipalização, pelo processo de indução.


Palavras-chave


Descentralização, Fundef e Fundeb, Dados Educacionais

Texto completo:

PDF


 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ