PRÁTICAS DOCENTES EM CLASSES DE EJA: UM OLHAR SOBRE AS VARIANTES LINGUÍSTICAS

Erica Bastos da Silva

Resumo


Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa realizada com professores da EJA na rede municipal da cidade de Salvador. O estudo buscou analisar como os professores dessa modalidade de ensino lidam com as variantes linguísticas em sala de aula e como acontece o processo de ensino e aprendizagem das convenções da língua portuguesa. Para isso foram analisadas observações em sala de aula e as interferências feitas pelas docentes no decorrer das atividades. Pautada em autores da linguística e sociolinguística como Bagno (2004), Bortoni Ricardo (2004), Cagliari (1997) pôde-se perceber o quanto é necessário o estudo sobre as interações em sala de aula e como é necessária a compreensão da linguagem do discente para possibilitar um aprendizado efetivo na Educação de jovens, adultos e idosos. Espera-se que este estudo possa contribuir para uma melhor compreensão do tema abordado.

 


Palavras-chave


Variantes linguísticas, Prática docente, Ensino e aprendizagem

Texto completo:

PDF


 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ