OS GÊNEROS TEXTUAIS E SUA TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA PARA AS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

Elaine Cristina Nascimento da Silva, Lívia Suassuna

Resumo


Investigamos o trabalho de exploração das características dos gêneros textuais. Buscamos responder à seguinte pergunta: Como é realizada a transposição didática dos gêneros textuais para as aulas de Língua Portuguesa? Participaram da pesquisa uma professora da Rede Estadual de Ensino de Pernambuco e sua turma de 6º ano. Ela desenvolveu duas sequências de atividades, envolvendo os gêneros textuais poema e notícia. As análises mostraram que ela, na maioria das vezes, centrou suas intervenções no gênero em si (e por si só) e o tratou como se ensina tradicionalmente a gramática normativa. Suas práticas apontaram uma predisposição a fazer diferente, embora ainda esteja presa a procedimentos metodológicos tradicionais. Concluímos que o problema não está em didatizar o gênero textual, mas em como isso é feito. A escola tem, por vezes, realizado essa didatização longe das práticas sociais de linguagem e de forma mecânica, e isso tem gerado resultados insatisfatórios.

 


Palavras-chave


Ensino, Gêneros Textuais, Transposição Didática

Texto completo:

PDF


 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ