ANÁLISE DA PRODUÇÃO ARGUMENTATIVA EM REDAÇÕES DE JOVENS PRÉ-ACADÊMICOS

Jaime Luiz do Nascimento, Sylvia De Chiaro

Resumo


Este artigo apresenta aspectos de um estudo sobre a aprendizagem do texto dissertativo-argumentativo no eixo de produção escrita em língua portuguesa. Partindo de uma perspectiva dialógica de argumentação e entendendo-a como composta por argumento, contra-argumento e resposta, textos produzidos por jovens pré-acadêmicos no treino para o ENEM foram analisados. As análises mostraram que os textos buscaram atender às exigências do gênero, especialmente selecionando argumentos e propondo respostas à questão temática, mas nem sempre apresentando contraposições. Foi possível perceber, no entanto, que quando antecipa contra-argumentos, negociando perspectivas, o texto ganha em qualidade argumentativa e em sofisticação nas propostas de intervenção, o que levou à conclusão do quanto a compreensão e exercício da estrutura composta por argumento, contra-argumento e resposta poderia trazer ganhos qualitativos nessa produção e consequentemente na capacidade reflexiva dos alunos.

 

 

 


Palavras-chave


Texto dissertativo-argumentativo, Argumentação, Pré-acadêmicos, ENEM

Texto completo:

PDF


 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ