AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS ALUNOS DO CURSO DE PEDAGOGIA - UFPE SOBRE A PROFISSÃO DOCENTE

Ivanilde Alves Monteiro

Resumo


A profissão docente no Brasil, principalmente nas últimas décadas, vem sendo pauta de vários estudos sob os mais diversos pontos de vista. Esta investigação prioriza o olhar do aluno do Curso de Pedagogia - UFPE, enquanto futuro profissional, a partir de suas representações sociais. Assume que uma representação social não pode ser captada como um dado estanque e isolado, mas no movimento pelo qual o homem concreto, relacionado e histórico, vai continuamente atribuindo sentidos aos objetos de que se apropria. A pesquisa foi realizada com 607 alunos e a análise feita teve como base a perspectiva sócio-crítica que vê a representação social tanto como enunciadora do sentido existente como prenunciadora de uma possível transformação. Os resultados confirmam as esperanças, desencantos e acomodações tão característicos de uma realidade social contraditória.

 


Palavras-chave


Representação Social, Profissão, Formação Inicial, Docência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51539/2448-0215.2007.22447

 

A revista utiliza a licença https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/

                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ