A POLÍTICA DE CAPACITAÇÃO DOS EDUCADORES NO GOVERNO ARRAES • 1987-91: a visão dos formuladores da política educacional x visão dos educadores de apoio.

Norma Pinheiro de Vasconcelos

Resumo


Este trabalho procurou entender o caráter assunúdo pelas relações que se
estabeleceram entre os formuladores da política educacional e educadores de apoio no processo de capacitação de professores - no governo Arraes, 1987-91, que
assumiu a transformação social como eixo de sua atuação. Buscou identificar as
representações que esses sujeitos fazem da função de capacitação tentando interpretar como se constrói o novo no trabalho do especialista e como ele se caracteriza. Partiu da análise de conteúdo dos textos produzidos no referido processo de capacitação: textos conceituais, cartas e textos poetizados.


Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Márcia Ângela da Silva. Supervisão escolar e política educacional. São Paulo: Cortez: Recife, PE: Secretaria de Educação, Cultura e Esportes do Estado de Pernambuco. 1991.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. São Paulo: Martins Fontes. 1977.

MADEIRA, Margot C. A educação vista pelo analfabeto. Revista da ANDE. São Paulo, v.4, n.8, p.9-16, 1985.

MEDEIROS, Norma Pinheiro de V. A supervisão escolar: um estudo das representações Sociais de supervisores. Centro de Educação. Dissertação de Mestrado.1986 mímeo.

PERNAMBUCO, Secretaria de Educação. Plano Estadual de Eduçagjo. 1988-91. Coordenação e redação: Silke Weber, Maria das Graças Correa de Oliveira e Mércia Ângela Aguiar. Recife, 1988.

PERNAMBUCO, AJiYmas propostas e reflexões. Recife, 1988. mímeo.

WEBER, Silke (org.). Democratjzagio. educagjo e cidadania: caminho do Governo Arraes (1987- 1990). São Paulo: Cortez. 1991.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

GOOGLE ACADÊMICO

UCL INSTITUTE OF EDUCATION LIBRARY

PKP | INDEX

EDUBASE

Tópicos Educacionais - ISSN 0101-8701 (impresso) 2448-0215 (on line)