CULTURA ORGANIZACIONAL ESCOLAR E A POLÍTICA DE GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO

Jamerson Kemps Gusmão Moura

Resumo


Refletimos nesse artigo sobre a relação que se estabelece entre cultura organizacional escolar e a apropriação e viabilização de políticas públicas. Concentramos nossa análise sobre as principais mudanças pelas quais passaram os campos educacionais de Pernambuco, no Brasil, e Coimbra, Portugal, questionando: a cultura organizacional sedimentada nas escolas desses dois campos poderia constituir um fator de resistência ao processo de implementação de políticas públicas? Dentre as conclusões, destacamos que a implementação de políticas públicas tem a sua viabilização diretamente ligada às formas como ela é apropriada e dinamizada em cada cultura organizacional escolar; assim, em Estados forjados por práticas autoritárias, o recente processo de redemocratização não conseguiu reverberar o suficiente na sociedade, fazendo a maioria dos atores que reproduzem as determinações estatais não serem capazes de implementar uma gestão democrática da educação.

 


Palavras-chave


Cultura Organizacional, Políticas públicas, Campo educacional, Gestão Democrática da Educação, Teoria Sociológica dos Processos

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Márcia A. Política educacional e planejamento participativo: a experiência dos fóruns itinerantes de educação em Pernambuco. Revista Educação (Porto Alegre, impresso), v. 37, n. 2, p. 201-209, maio-ago, 2014.

BARROSO, J. A regulação das políticas públicas de educação. Espaços, dinâmicas e atores. Coimbra, 2006.

CANÁRIO, Rui. O que é a escola? Um “olhar” sociológico. Porto: Porto Editora, 2005.

_____. Estabelecimento de Ensino: a inovação e a gestão de recursos educativos. In: NÓVOA, Antonio (org.) As organizações escolares em análise, p. 162-87. Lisboa: Dom Quixote, 1999.

DUPUIS, Jean P. Antropologia, cultura e organização: proposta de um modelo construtivista. In: CHANLAT, J. F. (Org.). O indivíduo nas organizações: dimensões esquecidas, v.3. p. 231-252. São Paulo: Atlas, 2010.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

_____. Os Alemães. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

GOMES, Rui. Culturas de Escola e Identidades dos Professores. Lisboa: Educa, 1993.

OLIVEIRA, Roberto. Caminhos da Identidade: ensaios sobre etnicidade e multiculturalismo. São Paulo: Unesp, 2006.

PARO, Vitor H. Gestão democrática da escola pública. 3 ed. São Paulo: Ática, 2006.

SCHEIN, Edgar. Organizational Culture and Leadership. 3 ed. San Francisco: Jossey Bass, 2004.

SOUZA, Celina. Políticas Públicas: uma revisão de literatura. Revista Sociologias, Porto Alegre, ano 8, n. 16, jul/dez 2010, p. 20-45.

WEBER, Silke. Políticas do ensino fundamental em revista: um debate pela democracia. In: A.O. COSTA (org.). Uma história para contar: a pesquisa na Fundação Carlos Chagas. São Paulo: Anablume, p. 57-90, 2004.




 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ