ENUNCIADOS SOBRE OBSERVAÇÃO E REGISTRO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Camila Maria Oliveira

Resumo


O artigo em tela tem como objeto enunciados sobre observação e registro expressos em artefatos pedagógicos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O nosso objetivo é ao desenvolver esta análise identificar como tais discursos sobre observação e registro podem estar implicados em processos de subjetivação de sujeitos da EJA. Sob o enfoque dos estudos sobre discurso e modos de subjetivação na perspectiva foucaultiana, temos como corpus de análise o terceiro caderno temático da coleção trabalhando com a EJA: observação e registro; diários de classe; fichas de matrícula e fichas individuais de registro das notas. Na análise do corpus identificamos enunciados de descritibilidade; como técnica de poder o mecanismo de visibilidade expresso no registro e como técnicas de si, apontamos a auto-reflexão e narrativas de si, expressas na auto-observação e no registro da prática pedagógica. A análise realizada nesses artefatos indicam efeitos na subjetividade de estudantes e professores da EJA.

 


Palavras-chave


Subjetivação, Observação e Registro, Educação de Jovens e Adultos, Enunciados

Texto completo:

PDF

Referências


ARTIÈRES, Philippe. A polícia da escritura: práticas do panóptico gráfico. In: KOHAN, Walter Omar; GONDRA, José (Orgs). Foucault 80 anos. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 37-51

BAUER, Martin W.; GASKELL, George (ed.). Tradução de Pedrinho A. Guareschi. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 7. ed. Petrópolis, Rj: Vozes, 2008.

BODNAR, Rejane Tereza Marcus. A observação e o registro pedagógico na formação em serviço: um estudo sobre as relações teórico-práticas com professoras da educação infantil. 2006. 142 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

BRASIL. Cadernos EJA 3: Trabalhando com a educação de jovens e adultos – Observação e registro. Brasília: MEC/SECAD, 2006.

CARVALHO, Rosângela Tenório de. Discursos pela interculturalidade no campo curricular da Educação de Jovens e Adultos no Brasil nos anos 1990. 2003. 510p. Tese (Doutorado em Ciências da Educação)- Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Recife: Bagaço, 2004.

__________. Escolarización de jóvenes y adultos y formas de subjetivación. Revista Decisio. México, n. 30, set/dez, 2011, p. 44-48.

__________. O discurso curricular intercultural na educação de jovens e adultos e a produção de subjetividades. Educação e Pesquisa - Revista da Faculdade de Educação da USP. São Paulo, Universidade de São Paulo, v. 38, n. 1, p. 47-61, 2012.

CUNHA, Antônio Geraldo da. Dicionário etimológico nova fronteira da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova fronteira, 1982.

DUARTE, Sérgio Guerra. Dicionário brasileiro de educação. Rio de Janeiro: Edições Antares, Nobel, 1986.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Foucault e o desejável conhecimento do sujeito. Educação e Realidade, n. 24, p. 39-60, 1999.

FOUCAULT, Michel. Dois ensaios sobre o sujeito e o poder. In: DREUFUS H; HABINOW, P. Michel Foucault: uma trajetória filosófica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

______. As técnicas de si. Technologies of the self » (Université du Vermont, outubro, 1982; trad. F. Durant-Bogaert). In: Hutton (P.H.), Gutman (H.) e Martin (L.H.), ed. Technologies of the Self. A Seminar with Michel Foucault. Anherst: The University of Massachusetts Press, 1988, pp. 16-49. Traduzido a partir de FOUCAULT, Michel. Dits et écrits. Paris: Gallimard, p. 783-813, 1994.

______. A arqueologia do saber. 7 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

______. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. 41. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

FREIRE, Madalena. Observação, Registro, Reflexão. Série Seminários Espaço Pedagógico. São Paulo - 1996.

HOZ, Víctor García. Diccionario de Pedagogía. Rio de Janeiro: Editorial Labor S.A, 1970.

LARROSA, Jorge. Tecnologia do EU e Educação. In: SILVA, T. T. (Org.) O Sujeito da educação: estudos foucaultianos. Petrópolis: Vozes, 1994. p.35-86

LIMA, Janayna Silva Cavalcante. A educação no horizonte do provável: dispositivos biopolíticos na escolarização de pessoas jovens e adultas. 2015. 258 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Pernambuco, CE. Programa de Pós-graduação em Educação, 2015.

WALKERDINE, Valerie. Psicología del desarrollo y pedagogia centrada em El niño. La insercíon de Piaget em la educación temprana. In: LARROSA, Jorge (ed.). Escuela, poder y subjetivación. Traducción de Noemí Sobregués y Jorge Larrosa. Madrid: Ediciones Lá Piqueta, 1995.

WARSCHAUER, Cecília. A Roda e o Registro. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1993.

MANSANO, Sonia Regina Vargas. Sujeito, subjetividade e modos de subjetivação na contemporaneidade. Revista de Psicologia da UNESP, 8(2), p. 110 – 117, 2009.

MENEZES, Antonio Basílio Novaes Thomaz de. Foucault e as novas tecnologias educacionais: espaços e dispositivos de normalização na sociedade do controle. In: JÚNIOR, Durval Muniz de Albuquerque; VEIGA-NETO, Alfredo; FILHO, Alípio de Souza. (Orgs.). Cartografias de Foucault. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008. p. 27-39.

MINISTÉRIO da Educação/Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Básica. Parecer nº 11/2000 - Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos. Relator: Carlos Roberto Jamil Cury.

PERNAMBUCO. SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE PERNAMBUCO (SEE). Diário de Classe – Educação de Jovens e Adultos do Ensino Médio. Governo do Estado de Pernambuco: SEE/PE., s/d. Disponível em: Acesso em: 12 de março de 2016.

PORLÁN, Rafael; MARTÍN, José. El diario del profesor: un recurso para la investigación en el aula. Sevilla: Díada, 1997.

RAMOS DO Ó, Jorge. A Governamentalidade e a História da escola Moderna: outras conexões investigativas. Revista Educação & Realidade. Porto Alegre. v.34, n.2, p. 97-118, Mai/Ago. 2009.

SECAD/MEC. Trabalhando com a Educação de Jovens e Adultos: observação e registro. Brasília, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/eja_caderno3.pdf

VARELA, Julia; URÍA-ARVAREZ, Fernando. Arqueologia de la Escuela. Madrid: Las Ediciones de La Piqueta, 1991.

ZABALZA, Miguel. Diários de aula: um instrumento de pesquisa e desenvolvimento profissional. Porto Alegre: Artmed, 2004.




 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ