GESTÃO DA ESCOLA: reflexões sobre o significado de trabalho coletivo

Natalina Francisca Mezzari LOPES, Etienne Henrique Brasão MARTINS

Resumo


Orientações pedagógicas para a organização da gestão democrática da escola pública têm sido fundamentadas na necessidade do trabalho coletivo. Com este estudo, apoiado na obra de Engels A origem da família, da propriedade privada e do Estado e entendendo que a historicidade da produção da existência humana e a produção do conhecimento caminham juntas, foi possível construir reflexões sobre o significado histórico de trabalho coletivo. O resultado delineou conceitos como “indivíduo coletivo” e “coletivo de indivíduos” que podem contribuir para pensar a organização do trabalho da escola.


Palavras-chave


Escola. Administração Escolar. Organização Pedagógica.

Texto completo:

PDF

Referências


ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do estado. 3. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2012, 304 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996, 150 p.

FRIGOTTO, G; CIAVATTA, M; CALDART, R. S. Apresentação. In: MARX, Karl. História, natureza, trabalho e educação. São Paulo: Expressão Popular, 2020, 582 p.

GUTIERREZ, Gustavo Luis; CATANI, Afrânio Mendes. A dialética na pesquisa em educação: elementos de contexto. Ferreira, Naura Syria Carapeto (org.). Gestão democrática da educação: atuais tendências, novos desafios. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2013. p. 75-94.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2016, 186 p.

LEACOCK, Elenor Burke. Introdução a edição estadunidense. In: ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do estado. Tradução de Leonardo Konder. 3. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2012. p. 227-302

LESSA, Sergio. Apresentação à edição brasileira. In: ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do estado. Tradução de Leonardo Konder. 3. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2012. p. 9-14.

MARX, K & ENGELS, F. A ideologia alemã (Feuerbach). 11ed. Trad. José Carlos Bruni e Marco Aurélio Nogueira. São Paulo: Hucitec, 1999, 138 p.

NOGUEIRA, Marco Aurélio. Um Estado para a sociedade civil: temas éticos e políticos da gestão democrática. São Paulo: Cortez, 2004, 270 p.

SFORNI, Marta Sueli de Faria; GALUCH, Maria Terezinha Bellanda. Gestão escolar e trabalho coletivo: contribuição da teoria da atividade. Revista Educativa-Revista de Educação, GO, v. 19, n. 2, p. 449-473, maio/agosto, 2016.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Perspectivas para reflexão em torno do projeto político-pedagógico. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro; REZENDE, Lúcia Maria Gonçalvez de. (org.). Escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1998a. p.9-32.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto político-pedagógico da escola: uma construção coletiva. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro. (org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1998b. p.11-35.




DOI: https://doi.org/10.51359/2359-1382.2020.246065

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS: