Evidencialidade e Modalidade como estratégia argumentativa em notícias do periódico El País sobre a pandemia do coronavírus

André Silva Oliveira

Resumo


Este trabalho tem por objetivo fazer uma análise qualitativa, com base na Gramática Discursivo-Funcional, da Evidencialidade como condicionadora dos diferentes tipos de Modalidade na construção argumentativa de 30 notícias de divulgação online do periódico espanhol El País sobre a pandemia do coronavírus. Após a análise das ocorrências, constatamos que os marcadores evidenciais das camadas mais altas (Conteúdo Comunicado e Episódio) condicionam os subtipos modais das camadas mais baixas (Conteúdo Proposicional, Episódio, Estado-de-Coisas e Propriedade Configuracional) a eles, objetivando os conteúdos modais subjetivos e asseverando a objetivação dos conteúdos modais objetivos.


Texto completo:

PDF

Referências


ARENA, Ana Beatriz. Construções comparativas em perspectiva funcional: Argumentação, modalização e evidencialidade. Revista Guavirá Letras, 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2020.

CARIOCA, Cláudia Ramos. A integração dos aspectos sintáticos, semânticos e pragmático-discursivos na manifestação da evidencialidade. Revista Entrepalavras, v. 8, p. 112-129, 2018. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2020.

HENGEVELD, K. Mood and modality. In: GEERT BOOIJ, Christian; LEHMANN, Joachim Mugdan (Org.). Morphology: A handbook on inflection and word formation. Berlin: Mouton de Gruyter, p. 1190-1202, 2004.

_____. The grammaticalization of tense and aspect. In: NARROG, Heiko; HEINE, Bernd (Org.). The Oxford handbook of grammaticalization. Oxford: Oxford University Press, p. 580–594, 2011.

HENGEVELD, K.; HATTNHER, M.M.D.A. Four types of evidentiality. Linguistics, v. 53, p. 479- 524, 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2020.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, L. Functional Discourse Grammar: A typologically based theory of language structure. Oxford: Oxford University Press, 2008.

LOURENÇO, Fabiana Pirotta Camargo. O condicional de valor evidencial no domínio jornalístico. Revista Estudos Linguísticos, v. 46, n. 2, p. 655-669, 2017. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2020.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.