Duolingo: a utilização da plataforma como ferramenta didática para o processo de ensino e aprendizagem em línguas estrangeiras

Rafael da Silva Santana, Sérgio Paulino Abranches

Resumo


A inserção das novas tecnologias de informação e comunicação-NTICs vem sendo incorporada como objeto de estudos no atual contexto de ensino e aprendizagem. A criação de novas tecnologias móveis vem se destacando como um suporte inovador pela incorporação de sistemas operacionais, possibilitando o uso de diversos aplicativos, que contribuem para se aprender algo novo. O presente artigo tem um foco nas “Tecnologias da Informação e Comunicação para Educação”, que produziu um estudo de um aplicativo de aprendizagem móvel de línguas estrangeiras, o “Duolingo”, para verificar como os seus métodos auxiliam no processo cognitivo do estudo de línguas, que nesse caso, foi a língua espanhola. Foi verificado como a relação entre as NTICs, o processo de aprendizagem e mediação pedagógica contribuiu para sustentar os principais objetivos da pesquisa. A metodologia utilizada teve cunho qualitativo, com pesquisa de campo e utilização de questionário aberto, aplicado a vinte e quatro voluntários, divididos em dois grupos, denominados de “Grupo-A”, de nível básico da língua e “Grupo-B”, com um nível mais avançado. A análise dos dados mostrou que houve um olhar positivo por parte dos grupos, mostrando que essa ferramenta auxilia no processo de aprendizagem. A ludicidade e a gamificação foram elementos que apareceram como método motivador, apesar de se apresentarem num formato tradicional de ensino. Também foi levantado que o Duolingo não pode ser uma ferramenta que substitua o professor, contudo se apresentou como um bom recurso complementar, que estimula a cognição, favorecendo uma aprendizagem da língua estrangeira, principalmente quando aplicado a iniciantes.


Texto completo:

162-172

Referências


ARAÚJO, J. C. Internet e ensino: novos gêneros, outros desafios. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007.

CUADRADO, A. M. Desarrollo de las competencias informáticas y la ciudadanía del siglo XXI. Facultad de Educación, UNED, España. p. 138 – 164. In: BARROS, D. M. V. et al. Educação e tecnologías: reflexão, inovação e práticas. 2011. Lisboa: [s.n.] ISBN: 978-989-20-2329-8. Disponível em: http://perdigital.wordpress.com/2011/04/21/e-book-educacao-e-tecnologias-reflexao-inovacao-e-praticas/. Acesso em: 29 ago. 2016.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e tecnologias: O novo ritmo da educação. 8. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

LÉVY, P. O que é o Virtual? São Paulo: Editora 34, 2011.

MASETTO, Marcos T. Mediação pedagógica e o uso da tecnologia. In: MORAN, José Manuel. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 7. ed. Campinas, SP: Papirus, 2003.

MORAN, José Manuel. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias audiovisuais e telemáticas. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 7. ed. Campinas, SP: Papirus, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica - ISSN: 2447-6943

Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Colégio de Aplicação da UFPE

Endereço
Avenida da Arquitetura S/N Cidade Universitária
CEP 50740 - 550

Telefones
Secretaria: (81) 2126-8332
Direção: (81) 2126-8335