Ensino de Matemática e Covid-19: práticas docentes durante o ensino remoto

Leonardo Alves Ferreira, Brasiliana Diniz da Silva Cruz, Aureliano de Oliveira Alves, Ivoneide Pinheiro de Lima

Resumo


A crise sanitária causada pela COVID-19 exigiu medidas de distanciamento social, ampliando o uso da tecnologia digital nos diversos setores. Na educação, esta se tornou uma ferramenta essencial no ensino. Assim, este artigo tem como objetivo identificar as práticas e os recursos pedagógicos aplicados na ação docente de forma remota, referentes ao ensino de matemática nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (AIEF). Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cujo método adotado foi o estudo de caso, a partir da análise de um questionário online respondido por 14 professores que ensinam matemática. O trabalho teve como fundamentação teórica os estudos dos autores Imbernón (2016), Lorenzato (2008), Moran (2018) e Selbach (2010). Os resultados da pesquisa demonstraram que os professores buscaram dar continuidade ao processo educativo, fazendo uso de recursos tecnológicos, recorrendo à apropriação de conhecimentos inerentes ao ensino a distância, assim como buscando cursos, lives, conferências e outros conteúdos disponíveis no meio digital. Ficou evidente o reduzido número de interações virtuais com os alunos e famílias, bem como o pouco acompanhamento familiar na realização das atividades desses discentes. Finalmente, é possível destacar que não houve formação específica para o professor utilizar, com qualidade, os recursos no formato online.


Palavras-chave


formação docente; tecnologia digital na educação; ensino de matemática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v11i2.247850

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br