EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA: A GEOGRAFIA COMO UMA FERRAMENTA DA PRÁTICA INTERDISCIPLINAR

Helena Maria Beling, Janete Webler Cancelier, Michele Hennig Vestena, josiane Oliveira De Campos

Resumo


O presente trabalho se propõe a apresentar discussões referentes à importância da educação ambiental nas escolas de ensino básico, buscando compreender os parâmetros legais em que a educação ambiental está amparada, a importância da prática interdisciplinar e a relação da educação ambiental com o ensino de Geografia. Para demonstrar como a temática ambiental pode ser trabalhada na disciplina de Geografia são apresentadas oficinas práticas desenvolvidas com alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom Érico Ferrari, localizada no município de Nova Palma/RS. A pesquisa foi realizada a partir da abordagem qualitativa e entre os instrumentos utilizados para obtenção dos dados incluiu-se a pesquisa bibliográfica, documental e de campo. A educação ambiental está evidenciada em leis, programas e normas da educação, devendo, nas instituições de ensino, estar presente de forma articulada em todos os níveis e modalidades do processo educativo. Verificou-se que a educação ambiental se consolida na escola como prática pelo trabalho articulado, realizado entre as distintas áreas do conhecimento tomando como referência a realidade e as relações que se estabelecem a nível local e sua interface com a dinâmica global.


Palavras-chave


Educação; Educação Ambiental; Ensino de Geografia; Escola; Interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF

Referências


BOTÊLHO, L, A, V; et al. A educação ambiental e a geografia escolar: dimensões curriculares, possibilidades e desafios contemporâneos. Revista Caminhos de Geografia. v. 17, n. 59. Setembro/2016. Uberlândia, MG. Disponível em: Acesso em abril de 2020.

BRAGA, R. de O. B. Algumas práticas no ensino de geografia. X Congresso Nacional de Educação. Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Curitiba, PR. 2011. pag. 12944-12.951. Disponível em: Acesso em abril de 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Brasília: Senado Federal. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. de 2020.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Brasília, 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 de fev. de 2020.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: . Acesso em: 18 fev. de 2020.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: meio ambiente. Brasília/DF, 1997. Disponível em: . Acesso em: 08 mar. de 2020.

BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999. Política Nacional de Educação Ambiental. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. de 2020.

CALLAI, H. C. O município: uma abordagem geográfica nos primeiros anos da

formação básica. In: CAVALCANTI, L. de S.. Temas da Geografia na escola básica.

Campinas, SP: Papirus, 2013.

CAMPO E LAVOURA. Laudo mostra que agrotóxicos causaram morte de milhões de abelhas no RS. 2019. Disponível em Acesso em: 15 fev. 2020

CAVALCANTI, L. de S. Concepções teórico-metodológicas da Geografia escolar no mundo contemporâneo e abordagens no ensino. In: SANTOS. L. C. P. etall. (orgs). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autentica, 2010.

CARVALHO, I. C. M. Questão ambiental e a emergência de um campo de ação políticopedagógico. In: LOUREIRO, C. F. B.; LAYRARGUES, P. P.; CASTRO, R. S. (Org.).

Sociedade e meio ambiente. São Paulo: Cortez, 2000. p. 53-65.

FERRAZ, C, B, O. A geografia da educação na sociedade do conhecimento: sombras do desconhecimento. Ensino de Geografia: Novos olhares e práticas. Editora UFGD, Universidade Federal de Grande Dourados. Dourados, MS. 2011. Disponível: Acesso em abril de 2020.

FERREIRA, A. A; et al. A importância da prática de ensino em geografia. IV Encontro Estadual de didática e práticas de ensino. Centro de Estudos e Pesquisas em Didática (CEPED). ANAIS. Goiânia, GO. 2011. Disponível: . Acesso em abril de 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 22. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

GUIMARÃES, M. A Formação de educadores ambientais em tempo de crise. In: XI Congresso Nacional de Educação-Educere. Curitiba, p. 30371 - 30372, 2013. Disponível em: Acesso em: 17 de jan. de 2020.

MORAIS, E. M. B. de. As temáticas físico-naturais no ensino de geografia. In: CAVALCANTI, Lana de Souza. Temas da Geografia na escola básica. Campinas, SP: Papirus, 2013.

NETO LANDIM, F, O; BARBOSA, M, E, S. O ensino de geografia na educação básica: uma análise da relação entre a formação do docente e sua atuação na Geografia escolar. Revista Geosaberes – v. 1, n. 2, Dezembro/2010. Universidade Federal do Ceará. Disponível em: Acesso em: 03 abr. de 2020.

PONTUSCHKA, N. N.; PAGANELLI, T. I.; CACETE, N. H. Para ensinar e aprender Geografia. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2009.

PPP, Projeto Político Pedagógico. Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom Érico Ferrari. Nova Palma: PPP, 2017.

STEFANELLO, C. F. R; DELLA MÉA, J. A. C. Projeto “O mel e suas utilidades”. Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom Érico Ferrari. Nova Palma, RS. Inédito. 2019.

TOZONI-REIS, M. F. C. Metodologias aplicadas à educação ambiental. Curitiba: IESD

Brasil, 2008.

TURRA, A. Projeto “Horta na escola”. Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom Érico Ferrari. Nova Palma, RS. Inédito. 2019.




DOI: https://doi.org/10.38187/regeo2020.v3n2id246196

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E BASE DE DADOS