Possibilidades e desafios para a dinamização dos estágios de observação na formação docente: do viver-descrever ao analisar-problematizar-intervir

Joyce Aparecida Soares de Pontes, Maria Marta dos Santos Buriti

Resumo


Na medida em que se propõe a analisar a relação sociedade-natureza e suas dimensões no espaço geográfico, a Geografia escolar se constituí como uma Disciplina fundamental à formação de cidadãos críticos e reflexivos, conscientes do seu papel no mundo e no seu lugar de vivência. Para que cumpra esta finalidade, além de auferidas condições para superar as problemáticas estruturais da educação escolar pública, é imprescindível que os contextos da formação docente sejam propositivos a problematização e compreensão da realidade escolar em suas múltiplas e contraditórias faces, o que se faz possível mediante a combinação dialética de conhecimentos teórico-científicos e práticos. Isso implica, entre outras questões, repensar os estágios supervisionados que, mais do que um momento para viver-descrever a escola, precisa se constituir como um momento para analisá-la, problematizá-la e nela intervir positivamente. Levando em conta este quadro, objetiva-se aqui analisar as possibilidades e os desafios para a dinamização do estágio de observação, partindo, para isto, das experiências práticas e atividades teórico-reflexivas desenvolvidas de acordo com os pressupostos formativos trabalhados no Componente Curricular Estágio Supervisionado em Geografia I, que faz parte da grande curricular do Curso de Licenciatura Plena em Geografia da Universidade Estadual da Paraíba.


Palavras-chave


Geografia; Estágio supervisionado de observação; Formação docente

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.51359/2594-9616.2021.246903

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.