Análises do Conforto Térmico em uma cidade de grande porte na Região Amazônica: O Caso de Belém, Pará

Joao de Athaydes Silva Junior, Antonio Carlos Lôla da Costa, Juarez Carlos Brito Pezzuti, Rafael Ferreira da Costa, David Galbraith

Resumo


As pesquisas sobre o conforto térmico surgiram devido às preocupações com a melhoria das condições de trabalho e da qualidade de vida da população. Neste estudo analisaram-se as condições de conforto térmico a qual a população da cidade de Belém está submetida, através de medidas de campo e aplicação do Índice de Calor (IC). Os resultados encontrados apontaram que a maior parte do período diurno a cidade é desconfortável termicamente, com base nos valores encontrados do IC. Os bairros com maior porcentagem de impermeabilização do solo e menos cobertura vegetal apresentou maior desconforto térmico, indicando que os elementos urbanos contribuem para o clima da cidade.

Palavras-chave


clima urbano, conforto térmico, meteorologia, vegetação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v5.2.p218-232



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License