Sistemas de Manejo de Cultivo Mínimo e Convencional: Análise Temporal da Dinâmica Hidrológica do Solo e da Variação Produtiva em Ambiente Serrano (Management Systems of Minimum and Conventional Tillage: Temporal Analysis of the Soil Hydrological...)

Leonardo dos Santos Pereira, Aline Muniz Rodrigues

Resumo


A área de estudo se localiza na Estação Experimental da PESAGRO, em Paty do Alferes/RJ. Analisou-se temporalmente a dinâmica hidrológica do solo e produtiva em Latossolo vermelho-amarelo em distintos manejos. Portanto, construíram-se parcelas de manejo convencional: plantio convencional (PC); manejo conservacionista: cultivo mínimo (CM); e sem cobertura vegetal (SC). Realizou-se o monitoramento diário do potencial matricial da água no solo através de tensiômetros de manômetro de mercúrio e Sensores de Matriz Granular e comparou-se a produção da couve-flor e do quiabo no PC e CM. Em 2011 o potencial matricial no CM obteve média de -45, -10 e -30 kPa em 15, 30 e 80 cm, respectivamente, em detrimento do PC e SC (0, -4 e -20 kPa; -15, -11 e -13 kPa). A média do potencial matricial do PC tende a valores de saturação, dificultando a absorção da água, diferentemente do comportamento no CM. Analisando os dados de produção da couve-flor em 2000: PC obteve 19,4 t/ha e CM 11,9 t/ha, enquanto que em 2009 PC obteve 7,8 t/ha e CM obteve 21,0 t/ha, onde CM favorece o desenvolvimento das culturas em longo prazo.

Palavras-chave


Manejo do solo; Hidrologia; Cultivo mínimo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v6.6.p1658-1672



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License