Uso de Atributos Topográficos para a Análise e Compartimentação do Relevo da Bacia Hidrográfica do Arroio Inhandiju - Oeste do RS - Brasil (Using topographic attributes for analysis and partitioning of the relief of the watershed Inhandiju - West RS ...)

Igor da Silva Knierin, Romario Trentin, Luís Eduardo de Souza Robaina

Resumo


A partir da disponibilidade de bases topográficas em formato digital associadas às técnicas de Geoprocessamento agregadas e processadas com o uso dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), é possível o estudo das formas de relevo por meio de novos métodos automatizados com a extração, tratamento e integração de dados topográficos. Com base nisso, este trabalho apresenta como objetivo o zoneamento e análise de unidades de relevo para a Bacia Hidrográfica do Arroio Inhandiju, oeste do Rio Grande do Sul, Brasil. Usa como base atributos topográficos digitais integrados ao SIG como ferramenta para compartimentação e análise da área. Para a elaboração do trabalho, foi realizado o levantamento bibliográfico seguido da compilação de mapas temáticos elaborados no ArcGIS® 10.2.2 tendo como base dados topográficos digitais do projeto Shuttle Radar Topographic Mission (SRTM). Dessa forma foi possível analisar os atributos de relevo da área de estudo através da declividade, hipsometria, amplitude altimétrica, comprimento de vertentes e curvatura das vertentes. A partir da síntese destes dados foi realizado o zoneamento de cinco unidades de relevo para a área definidas em: Áreas planas associadas aos cursos d’água, Colinas de altitude, Colinas onduladas, Morrotes isolados e Associação de morros e morrotes. A definição de unidades possibilitou identificar áreas com características mínimas de heterogeneidade quanto aos seus atributos morfométricos e morfológicos. Por fim, a classificação subsidiada através da utilização do SIG com dados SRTM demonstrou-se eficaz, com resultados obtidos de maneira rápida e que correspondem ao que foi observado nos trabalhos de campo.

 

 

ABSTRACT

The availability of topographic bases in digital format, aggregated and processed with the use of Geographic Information Systems (GIS), is possible the study of landforms through new automated methods with the extraction, treatment and integration of topographic data. Based on this, this paper had the objective zoning and analysis of relief units for the watershed of Inhandiju stream, West of the Rio Grande do Sul, Brazil. Used digital topographic attributes integrated with GIS as a tool for partitioning and analysis of the area. In preparing the study was conducted the literature review followed by the compilation of elaborate thematic maps in ArcGIS® 10.2.2 on data from the Shuttle Radar Topographic Mission project (SRTM). Thus it was possible to analyze the major attributes of the study area through of attributes as the slope, hypsometry, altimetry amplitude, length of slopes, plan and profile of the curvature of the slopes. From the synthesis of data was performed zoning five relief units to the area defined in: Flat Areas associated with watercourses, Altitude Hills, rolling Hills, Buttes isolated, Association of Hills and Buttes. The definition of units allowed to identify areas with minimal features of heterogeneity regarding their morphometric and morphological variables. Finally, the classification subsidized by the use of SRTM with GIS was shown to be effective with results obtained quickly and correspond to what has been observed in the field.

 

Keywords: Relief forms. Morphometry. GIS. Topographic attributes. Zoning.

 


Palavras-chave


Formas de relevo; Morfometria; SIG; Atributos topográficos; Zoneamento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.4.p990-1005



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License