Produção, clorofila e eficiência do uso da água em milheto cultivado em solo de área degradada (Production, chlorophyll and water use efficiency in millet grown in area with soil degraded)

Karla da Fonseca Silva, Francisco Mário Nascimento Menezes, Maurilio Fernandes Oliveira, Nilzemary Lima da Silva, Fernando Lisboa Guedes, Roberto Cláudio Fernandes Franco Pompeu, Henrique Antunes de Souza

Resumo


Objetivou-se avaliar cultivares de milheto em função de níveis de lâminas de irrigação, cultivado em solo degradado coletado em Irauçuba-CE. O trabalho foi conduzido em pleno sol, em vasos com 12,5 dm3 de solo, que apresentava baixa fertilidade. As cultivares utilizadas foram ADR500, BRS1501, BRS1502, BRS1503 e IPABulk-1, com quatro níveis de irrigação: 100, 80, 60 e 40% em função da evapotranspiração da cultura (ETc), que foi mensurado por tanque classe ´A´. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial, com três repetições. Até o 34° dia após a germinação das plantas, a quantidade de água aplicada foi equivalente a 100% da ETc, e depois iniciou-se a implementação dos vários níveis de irrigação, as plantas foram avaliadas 14 dias após a aplicação das lâminas, cujas variáveis mensuradas foram massa de matéria seca, teor de clorofila e eficiência no uso da água, ainda procedeu-se o cálculo do coeficiente de sensibilidade ao déficit hídrico (KY). As variáveis massa seca de raiz, caule e total, e eficiência no uso da água apresentaram decréscimos com a diminuição da quantidade de água aplicada. Os valores de KY foram inferiores a um (1,0) para as cultivares ADR500, BRS1501, BRS1503 e IPABulk1 para lâmina de 80% da evapotranspiração da cultura. As cultivares BRS1503 e IPA-Bulk1 apresentaram maiores valores para massa seca total e eficiência no uso da água.

The objective was to study millet cultivars due to irrigation levels, in degraded soil of Irauçuba, State of Ceará. The study was conducted in full sun, in pots with soil 12.5 dm3, which had low fertility. The cultivars used ADR500, BRS1501, BRS1502, BRS1503 and IPABulk-1, with four irrigation levels: 100, 80, 60 and 40% depending on the crop evapotranspiration (ETc), which was measured by a tank class 'A '. Therefore, the design was completely randomized in a factorial design with three replications. Until the 34th day after germination of plants the amount of water applied was equivalent to 100% of ETc, and after work began on the implementation of the various levels of irrigation, the plants were conducted for over 14 days, whose mass variables dry matter, content of chlorophyll and efficiency in water use were measured, still proceeded to calculate the sensitivity coefficients to water deficit (KY). The mass variables of dry root, stem and total efficiency of water use showed decreases with decreasing amount of water applied. The KY values were less than 1 for cultivars ADR500, BRS1501, BRS1503 and IPABulk1 to slide 80% of the crop evapotranspiration. The BRS1503 and IPA-Bulk1 cultivars showed higher values for total dry matter and efficiency in water use.

Key-words: Pennisetum americanum, irrigation, soil fertility, plant physiology, sensitivity factor

 

 


Palavras-chave


Pennisetum americanum, irrigação, fertilidade do solo, fisiologia vegetal, coeficiente de sensibilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.0.p573-584



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License