Mapeamento de Sensibilidade Ambiental ao Desenvolvimento: estudo de caso na Região Hidrográfica VIII – RJ (Mapping of Environmental Sensitivity do Development: case study at Hydrographic Region VIII – RJ)

Wilmar Wan-de-Rey de Barros Junior, José Augusto Ferreira da Silva

Resumo


Buscou-se com a pesquisa a produção do mapeamento indicativo de sensibilidade ambiental para o desenvolvimento regional da Região Hidrográfica VIII (RH-VIII), no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. O estudo desenvolveu-se com a utilização dos softwares SPRING 5.5.0 e QGIS 2.18.6. O método de pesquisa baseia-se na Análise por Múltiplos Critérios (AMC), visando mapeamento de sensibilidade ambiental para o desenvolvimento regional da RH-VIII. O resultado revelou que 46% do território da RH-VIII apresenta alguma aptidão ao desenvolvimento enquanto mais 6% da área aponta extrema sensibilidade ambiental.

 

 

A B S T R A C T

The research was carried out to produce the mapping of environmental sensitivity for the regional development of Hydrographic Region VIII (RH-VIII), in the State of Rio de Janeiro, Brazil. The study was developed using the software SPRING 5.5.0 and QGIS 2.18.6. The research method is based on Multi Criteria Analysis (AMC), aiming at mapping environmental sensitivity for the regional development of RH-VIII. The result showed that 46% of the territory of RH-VIII has some developmental aptitude while another 6% of the area indicates extreme environmental sensitivity.

Keywords: Geotechnology; Land use; Map Algebra; Environmental modeling.


Palavras-chave


Geotecnologias; Uso das terras; Álgebra de mapas; Modelagem ambiental

Texto completo:

PDF

Referências


Antunes, M.A.H., Debiasi, P., Siqueira, J.C.S., 2014. Avaliação espectral e geométrica das imagens RapidEye e seu potencial para o mapeamento e monitoramento agrícola e ambiental. Revista Brasileira de Cartografia 1, 101-113.

Arend, M.R., Schultz, G., Eckhardt, R.R., Rempel, C., Goldmeyer, F., 2011. Múltiplos Critérios de Apoio à Decisão em SIG para a Promoção de Sistemas Orgânicos de Produção Agropecuária no Município de Arroio do Meio - RS. Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto 15, 423-430.

Barbosa, M.E.F., Furrier, M,. Lima, E.R.V., 2013. Mapeamento de adequação de uso das terras através da técnica de análise de multicritério em ambiente SIG: estudo de caso do município de conde - PB, Brasil. Cuadernos de Geografía 22, 13-23.

Benassuly, C.C.L., 2009. Avaliação de redes de monitoramento de recursos hídricos: estudo aplicado às águas superficiais na bacia do Rio Macaé. Dissertação (Mestrado). Campos dos Goytacazes, IFFluminense.

Biziak, L.D., 2017. Sustentabilidade Urbana: avaliação da qualidade ambiental do setor central de Uberlândia-MG. Dissertação (Mestrado). Uberlândia, UFU.

Caxieta, P.R.C., Pimenta, D.F.N., Amaral, R.V., Schaefer, C.E., 2012. Análise Multi-Critério (MCE) aplicada ao mapeamento de áreas susceptíveis a movimentos de massa na área urbana de Viçosa-MG. Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação 4, 1-9.

Cattani, C.E.V., Mercante, E., Souza, C.H.W., Wrublack, S.C., 2013. Desempenho de algoritmos de classificação supervisionada para imagens dos satélites RapidEye. Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto 16, 8005-8010.

CBH MACAÉ/OSTRAS - Comitê de Bacia Hidrográfica dos Rios Macaé e das Ostras, 2012. Elaboração do plano de recursos hídricos da região hidrográfica Macaé e das Ostras: Relatório de caracterização da região hidrográfica Macaé e das Ostras. Macaé.

Costa, E.M., Antunes, M.A.H., Debiasi, P., Anjos, L.H.C., 2016. Processamento de imagens RapidEye no mapeamento de uso do solo em ambiente de Mar de Morros. Pesquisa Agropecuária Brasileira 51, 1417-1427.

Costa, F.R., Souza, R.F., Silva, S.M.P., 2016. Análise comparativa de metodologias aplicadas à delimitação da bacia hidrográfica do Rio Doce – RN. Sociedade & Natureza 28, 429-442.

Demarchi, J.C., Sartori, A.A.C., Zimback, C.R.L., 2011. Métodos de classificação de imagens orbitais para o mapeamento do uso do solo: estudo de caso na Sub-Bacia do Córrego das Três Barras. Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto 15, 2644-2651.

Dias, V.S.B., Silva, A.B., 2014. AHP na modelagem da vulnerabilidade ambiental do mini corredor ecológico Serra das Onças (BA). Revista Brasileira de Cartografia 6,1363-1377.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, 2013. RapidEye. Disponível: https://www.cnpm.embrapa.br/projetos/sat/conteudo/missao_rapideye.html. Acesso: 6 mar. 2017.

Guimarães, C.C.B., 2013. Paisagens sertanejas: Uso e cobertura das terras e adequabilidade no sertão central do Ceará. Dissertação (Mestrado). Fortaleza, UFC.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2013. Manual técnico de uso da terra. Disponível: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv81615.pdf. Acesso: 15 abr. 2017.

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. 2017a. O que é o SPRING?. Disponível: http://www.dpi.inpe.br/spring/portugues/index.html. Acesso: 20 abr. 2017.

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. 2017b. Classificação de Imagens: O que é classificação?. Disponível: http://www.dpi.inpe.br/spring/portugues/tutorial/classific.html. Acesso: 20 abr. 2017.

Jensen, J.R., 2011. Sensoriamento Remoto do Ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. 2. ed. Parêntese, São José dos Campos.

Landis, J.R., Koch, G.G., 1977. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics 33, 159-174.

Malczewski, J., 2006. GIS-based multicriteria decision analysis: a survey of the literature. International Journal of Geographical Information Science 20, 703–726.

Marçal, M.S., Luz, L.M., 2003. Geomorfologia aplicada a classificação de unidade de paisagem na bacia do Rio Macaé – Litoral Norte Fluminense. Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada 10, 1-6.

Meneses, P.R., Almeida, T., 2012. Introdução ao processamento de imagens de sensoriamento remoto. UNB, Brasília.

Moras Filho, L.O., 2015. Método de inferência espacial para o ordenamento territorial de municípios de pequeno porte: o caso de Ijaci, MG. Dissertação (Mestrado). Lavras, UFLA.

Moté, F.O., Marçal, M.S., Bonatto, G., 2006. Uso e Cobertura da Terra Associado as Unidades de Relevo e Problemas Ambientais na Bacia do Rio Macaé (RJ). Simpósio Nacional de Geomorfologia 6. 1-10.

Oliveira, P.T.S., Rodrigues, D.B.B., Alves Sobrinho, T., Panachuki, E., 2009. Processo analítico hierárquico aplicado a vulnerabilidade natural a erosão. Geociências 24, 417-424.

Paula, E.M.S., 2008. Geotecnologias aplicada à Compartimentação Ambiental da Bacia do Rio Ceará-CE. Dissertação (Mestrado). Fortaleza, UFC.

Pinheiro, M.R.C. 2008. Avaliação de usos preponderantes e qualidade da água como subsídios para os instrumentos de gestão dos recursos hídricos aplicada à bacia hidrográfica do Rio Macaé. Dissertação (Mestrado). Campos dos Goytacazes, IFFluminense.

Ribeiro, A.S., Mincato, R.L., Curi, N., Kawakubo, S., 2016. Vulnerabilidade ambiental à erosão hídrica em uma sub-bacia hidrográfica pelo processo analítico hierárquico. Revista Brasileira de Geografia Física 9, 16-31.

Saaty, T.L., 1977. A scaling method for priorities in hierarchical structures. Journal Of Mathematical Psychology 15, 234-281.

Santos, A.R., Peluzio, T.M.O., Saito, N.S., 2010. SPRING 5.1.2: passo a passo: aplicações e práticas. CAUFES, Alegre.

Silva, G.P., 2015. Comitês de bacias hidrográficas e vocalizações sociais por recursos hídricos no Município de Macaé - Rio de Janeiro. Seminário Internacional Sobre Desenvolvimento Regional 7, 1-17.

Silva, L.C.N., Fernandes, A.L.V., Izippato, F.J., Oliveira, W., 2009. Uso do solo no manejo de bacias hidrográficas: o caso da microbacia Córrego Prata, Três Lagoas MS. Revista Brasileira de Geografia Física 2, 1-13.

Silva, L.F.T.C., Bezerra, J.F.R., Guerra, A.J.T., 2012. Implicações da mudança na cobertura vegetal em relação à erosão na sub-bacia hidrográfica do rio São Pedro - RJ. Geonorte 1, 1-16.

Peruzzo, A., Peruzzo, E.M.C., Dias, C., Nacke, H., Zenatti, R. 2009. Aspectos jurídicos sobre a reserva legal e a área de preservação permanente. Seminário Internacional de Ciência, Tecnologia e Ambiente 1, 1-8.

Pinese Júnior, J.F., Rodrigues, S.C., 2012. O método de análise hierárquica – AHP – como auxílio na determinação da vulnerabilidade ambiental da bacia hidrográfica do Rio Piedade (MG). Revista do Departamento de Geografia 23, 4-26.

Ross, J.L.S., 1994. Análise Empírica da Fragilidade dos Ambientes Naturais e Antropizados. Departamento de Geografia 8, 63-74.

Tricart, J., 1977. Ecodinâmica. IBGE, Rio de Janeiro.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v11.2.p585-600

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License