Epistemological analysis of depression and the occurrence of the process in the life of the nurse

Sílvia Maria de Carvalho Farias, Thamara Aparecida Vieira, Maria Odete Pereira, Márcia Aparecida Ferreira de Oliveira

Resumo


ABSTRACT

Objective: to analyze the concept epistemologically depression and submit it. Method: this is about a bibliographical study, conducted through the bibliographic database indexed by BIREME and treat an epistemological search extended search on the books of the area. The findings were described and then analyzed Minayo.  Results: in the present study, there was a correlation between the words: sadness, lethargy, negativity, disgust, banzo, low self-esteem and depression, with the state of extreme psychological disorder in which the individual is when you're depressed. This condition results in loss of mental health professionals that is the essence of care as a work tool. Conclusion: the analysis of the concept of depression fostered a better understanding of the term; allowed to know their use in different areas to realize the dynamics of the disease process and that it changes the cognition of human beings in relation to the environment. It is necessary and, therefore, with the development of empirical studies of depression in professionals who attend to the other, the maintenance or restoration of health. Descriptors: depression; nursing; nurse; concept; epistemology; psychopathology; mental health.

RESUMO

Objetivo: analisar epistemologicamente o conceito depressão e apresentá-lo. Método: trata-se de um estudo bibliográfico, realizado por meio da busca bibliográfica nas Bases de Dados indexadas na Bireme e por tratar de uma busca epistemológica estendeu-se à pesquisa em livros da área. Os achados foram descritos e posteriormente analisados segundo Minayo. Resultados: no presente estudo correlacionou-se os vocábulos: tristeza, adinamia, negativismo, fastio, banzo, baixa auto-estima e depressão, com o estado de extrema desordem psíquica, em que o indivíduo se encontra quando está em depressão. Essa condição resulta na perda da Saúde Mental (SM) dos profissionais que tem por essência o cuidado como ferramenta de trabalho. Conclusão: a análise do conceito de depressão favoreceu uma melhor compreensão do termo; permitiu conhecer seu uso em diferentes áreas; perceber a dinamicidade do processo patológico e que a mesma altera a cognição do ser humano com relação ao meio ambiente. Faz-se necessário e, portanto, relevante o desenvolvimento de estudos empíricos de depressão em profissionais que assistam ao outro, na manutenção ou recuperação da saúde. Descritores: depressão; enfermagem; enfermeiro; conceito; epistemologia; psicopatologia; saúde mental.

RESUMEN

Objetivo: analizar el concepto epistemológico, la depresión y lo presentar. Método: estudio bibliográfico, llevado a cabo através de la base de datos bibliográfica indexado por BIREME y el tratamiento de una búsqueda epistemológica extendida de búsqueda en los libros de la zona Los resultados fueron descritos y analizados Minayo. Resultados: en este estudio hubo una correlación entre las palabras: tristeza, apatía, la negación, disgusto, banzo, baja autoestima y depresión, con el estado de desorden psicológico extremo en el que el individuo es cuando está deprimido. Esta condición se traduce en la pérdida de la salud mental (SM) de los profesionales, que es la esencia de la atención como una herramienta de trabajo. Conclusión: el análisis del concepto de depresión fomenta una mejor comprensión del término, permite conocer su uso en diferentes áreas e a darse cuenta de la dinámica del proceso de la enfermedad que cambia el conocimiento de los seres humanos en su relación con el medio ambiente. Es necesario y, por tanto, con el desarrollo de los estudios empíricos de la depresión en los profesionales que asisten a la otra, el mantenimiento o el restablecimiento de la salud. Descriptores: depresión; enfermeria; enfermera; concepto; epistemologia; psicopatologia; salud mental.

 


Palavras-chave


depressão; enfermagem; enfermeiro; conceito; epistemologia; psicopatologia; saúde mental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/reuol.868-7259-1-LE.0402201054



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios