CERTIFICAÇÃO ORGÂNICA PARTICIPATIVA DA REDE BORBOREMA DE AGROECOLOGIA COMO PROMOTORA DE AUTONOMIA DOS AGRICULTORES FAMILIARES DO AGRESTE DA PARAÍBA

Maria Amália da Silva Silva, Maria Rita Ivo de Melo Machado Machado, Rosivaldo Gomes de Sá Sobrinho Sobrinho

Resumo


O mercado dos orgânicos no Brasil para poder ser acessado é preciso que os agricultores certifiquem suas áreas de produção, através dos sistemas de avaliação de conformidade orgânica que são validados pelo MAPA. Os agricultores familiares do agreste paraibano no período de 2006 à 2012 certificavam seus lotes por meio da Certificação por auditoria, porém, resolveram migrar para o Sistema Participativo de Garantia, para isso fundaram a Rede Borborema de Agroecologia (RBA). Este trabalho tem como objetivo explicar a participação dos agricultores familiares junto ao processo de avaliação da conformidade orgânica e identificar as dificuldades enfrentadas e os avanços do processo de certificação participativa desta organização. Utilizamos como metodologia aplicação de questionário previamente estruturado com perguntas semiabertas, entrevistas abertas, participação em reuniões, registros fotográficos, conversas informais e análise documental da RBA. O processo de certificação orgânica participativa exige dedicação, assessoria técnica de maneira contínua, teve como resultado a protagonização dos agricultores familiares, incentivou a participação da juventude camponesa e vem promovendo a construção do conhecimento e autonomia dos agricultores envolvidos na RBA.


Palavras-chave


Certificação participativa; Rede Borborema de Agroecologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018

 

 

 

 

Indexadores e Bases bibliográficas:

                    

 

 

 

Programa de Pós Graduação em História - PGH UFRPE

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manuel de Medeiros, s/nº

Dois Irmão, Recife, PE, CEP: 52171-010

Prédio Professor Ariano Suassuna (1º Andar) 

ISSN: 2525-6092

 

 

 

Licença Creative Commons

A Revista Rural & Urbano está licenciado com uma Licença Creative Commons