DESENVOLVIMENTO REGIONAL E ECONÔMICO NO SUL DE PORTUGAL: DA REGIÃO ALENTEJANA AO DISTRITO DE BEJA

Paul Clívilan Santos Firmino

Resumo


As regiões portuguesas constituem-se divisões importantes na análise do desenvolvimento regional e econômico, apresentando funções relevantes graças as suas particularidades. Como ponto de partida na análise desse desenvolvimento, destaca-se a Região Alentejo, em especial o Distrito de Beja. Cabe fazer referência entre Litoral/Interior, oposição mais forte no País no que se refere às questões regionais e econômicas; evidenciar o papel das feiras na economia da referida região; investigar as principais atividades econômicas desenvolvidas no Interior Sul de Portugal. Para tanto, centra-se numa investigação histórica e da realidade atual, buscando um maior entendimento da noção de industrialização, comércio, feira e serviços, a partir da construção de um referencial teórico a respeito do tema proposto e das constatações empíricas feitas na área de estudo. Pode-se dizer que o Interior Sul de Portugal, possui cidades de destaques, tornando-se grandes centros econômicos dinâmicos relevantes, com um crescimento visto não somente nas próprias cidades como na região ao seu entorno. Trilhando por este caminho, cita-se a cidade de Beja (localizada no Baixo Alentejo na região Alentejo) que de forma direta ou indireta influencia a sub-região e interior a qual pertence.

Palavras-chave


Desenvolvimento; Centralidade; Dinamismo; Alentejo; Beja

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018

 

 

 

 

Indexadores e Bases bibliográficas:

                    

 

 

 

Programa de Pós Graduação em História - PGH UFRPE

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manuel de Medeiros, s/nº

Dois Irmão, Recife, PE, CEP: 52171-010

Prédio Professor Ariano Suassuna (1º Andar) 

ISSN: 2525-6092

 

 

 

Licença Creative Commons

A Revista Rural & Urbano está licenciado com uma Licença Creative Commons