FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: O QUE DIZEM OS FORMADORES

Renata da Costa Lima, Maria da Conceição Carrilho de Aguiar

Resumo


Resumo

 

Este estudo buscou compreender como os formadores representam a formação continuada. A motivação para a realização do estudo surgiu quando percebemos que a formação continuada frequentemente tem sido compreendida por professores, formadores e pesquisadores apenas como um momento de capacitação, aprimoramento, treinamento, entre outros termos. Tomamos como suporte teórico-metodológico a teoria das representações sociais para a aplicação e análise do teste de associação livre e da entrevista semiestruturada. Os achados revelaram que os formadores representam a formação continuada como um momento de curso e que isso desconsidera a dimensão individual do processo formativo. Revelou também o formador como essencial ao processo de (re)significação de (re)configuração e de (re)conceitualização da formação, no contexto das representações sociais, bem como que as  representações servem de guias de condutas para orientarem as suas práticas relativas aos professores que formam.

 

Palavras-chaves: formação continuada; formadores; representações sociais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

GOOGLE ACADÊMICO

UCL INSTITUTE OF EDUCATION LIBRARY

PKP | INDEX

Tópicos Educacionais - ISSN 0101-8701 (impresso) 2448-0215 (on line)