Novo Ensino Médio: Quais “verdades” produzidas nas propagandas oficiais do poder governamental?

Elia Cristina Alves dos SANTOS, Welisson MARQUES

Resumo


O objetivo deste estudo foi responder quais os discursos do MEC e do Governo Federal referentes à mudança da legislação do Ensino Médio foram  materializados nas propagandas oficiais criadas pelo MEC e publicadas no canal do YouTube. Nesse canal foi selecionada a propaganda: Com o novo Ensino Médio, você tem mais liberdade para escolher o que estudar! A pesquisa foi fundamentada em Michel Foucault (2014; 2018). As verdades produzidas pelo poder apresentam que a reestruturação do Ensino Médio é uma ação inclusiva e democrática, e que as pessoas e estudantes aprovam a reestruturação desse nível de ensino.  Cria-se a “verdade” de que os jovens terão poder de decidir o que irão estudar e decidirão o próprio futuro. Porém, existem discursos de estudiosos e pesquisadores da educação que refutam as “verdades” produzidas pelo poder Governamental. Este artigo faz parte de uma pesquisa realizada no curso de Mestrado Profissional em Educação Tecnológica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) – Campus Uberaba.

 



Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? e outros ensaios. Trad. de Vinícius Nicastro Honesko. Chapecó, SC: Argos, 2009.

BEZERRA FILHO, José Mendonça. Exposição de Motivos nº 00084/2016/MEC. 2016. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Exm/Exm-MP-746-16.pdf. Acesso em 13/09/2018.

BORGES FILHO, Ozíris.Espaços e literatura: introdução a topoanálise. Franca (SP). Ribeirão Gráfica e Editora, 2007.

BRASIL. Tribunal Superior Eleitoral. Sistema de divulgação de candidaturas – Eleições 2014. Disponível em: http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-anteriores/eleicoes-2014/candidaturas/sistema-de-divulgacao-de-candidaturas. Acesso em: 11/12/2019.

BRASIL. Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017: Altera as Leis n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e o Decreto-Lei nº 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei nº 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13415.htm. Acesso em: 09/08/2019.

BRASIL. Ministério da Educação - MEC. Gastos com publicidade - Prestação de contas: Exercício 2016. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=57041-gastos-publicados-dezembro-2016-pdf&category_slug=fevereiro-2017-pdf&Itemid=30192. Acesso em 11/10/2019.

BRASIL, Ministério da Educação – MEC. Com o Novo Ensino Médio, você pode decidir o seu Futuro. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=bIFgyTLIv4Q. Acesso em: 12/04/2018.

FERNANDES, CleudemarAlves. Discurso e sujeito em Michel Foucault. São Paulo, SP: Intermeios, 2012.

FOUCAULT, Michel. O sujeito e o poder. In: DREYFUS, Hubert; RABINOW, Paul Michel Foucault: uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. Tradução Vera Porto Carrero. Rio de Janeiro, RJ: Forense Universitária, 1995.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Trad. de Raquel Ramalhete. 42. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Trad. de Roberto Machado. 7. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2018.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Reforma do Ensino Médio do (des) governo de turno: decreta-se uma escola para os ricos e outra para os pobres. Movimento: revista de educação.Niterói (RJ), v.3, n.5 p. 229-332, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.uff.br/revistamovimento/article/view/32621/18756. Acesso em 21/10/1019.

GALVÃO, Flávia Motta de Paula. As representações discursivas da Reforma do Ensino Médio, Lei 13.415/2017, em diferentes gêneros do discurso. 2019. 216 f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2019.2131. Acesso em: 09/10/2019.

KUENZER, Acacia Zeneida. Trabalho e escola: a flexibilização do Ensino Médio no contexto do regime de acumulação flexível.Educação&Sociedade,Campinas, v. 38, n. 139, p. 331-354, 2017. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302017000200331&lng=pt&nrm=iso. Acesso em:06/07/2018.

MARQUES, Welisson. Mensalão e Crise Política: a constituição do sujeito nas inscrições enunciativas da Revista Veja ao significarem o Partido dos Trabalhadores. 2010. 223 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, 2010. Disponível em:. Acesso em: 01/03/2019.

MARQUES, Welisson. Análise do discurso Publicitário de cursos e idiomas: verdades atinentes a sujeitos aprendizes e aprendizagem de língua inglesa. São Carlos/SP: Pedro & João Editores, 2014.

MINAYO, Maria Cecília de. Souza. O desafio do conhecimento:Pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: HUCITEC, 2007.

MOURA, Dante Henrique; LIMA FILHO, Domingos Leite. A reforma do Ensino Médio: regressão de direitos sociais. Revista Retratos da Escola. Brasília (DF), v. 11, n.20, p. 109-129, 2017. Disponível em:http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/760/pdf. Acesso: 11/09/2018.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo - RS, Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo - ASPEUR Universidade Feevale, 2013. Disponível em: http://www.feevale.br/Comum/midias/8807f05a-14d0-4d5b-b1ad-1538f3aef538/E-book%20Metodologia%20do%20Trabalho%20Cientifico.pdf. Acesso em 04/04/17.

RAMOS, Marise Nogueira; FRIGOTTO, Gaudêncio. Medida Provisória 746/2016: a contra-reforma do ensino médio do golpe de estado de 31 de agosto de 2016. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 70, p. 30-48, 2016. Disponível em: . Acesso em 18/11/2018.

SENADO, Agência. Impeachment de Dilma Rousseff marca ano de 2016 no Congresso e no Brasil. Redação 28/12/2016. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2016/12/28/impeachment-de-dilma-rousseff-marca-ano-de-2016-no-congresso-e-no-brasil. Acesso em: 11/12/2019.

SILVEIRA, Éder da Silva; RAMOS, Nara Vieira; VIANNA, Rafael de Brito. O “novo” ensino médio: apontamentos sobre a retórica da reforma, juventudes e o reforço da dualidade estrutural. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 20, n. 43, p. 101-118, 2018.Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/3992. Acesso em: 31/10/2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Indexadores: