EDUCAÇÃO FINANCEIRA: um instrumento de consciência econômica

Cales Alves da Costa Junior, Olga Maria Barreiro Claro

Resumo


As taxas de juros têm sido amplamente divulgadas pelos jornais e revistas. Agências financeiras têm estabelecido condições de empréstimos, a partir das situações reais do público-alvo e analisado o potencial das transações financeiras com o comércio sem comprometimento da renda mensal dos tomadores. Diante da falta de planejamento, é possível ocorrer endividamento e desequilíbrio financeiro do indivíduo, a ponto de chegar a uma proporção maior, o desequilíbrio da nação. Para evitar tal gravidade, o governo Federal, juntamente com a Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), construíram um projeto piloto para implantar a educação financeira em algumas escolas públicas e capacitar educadores para atuarem em diversos espaços educacionais. Acompanhando essa tendência, a pesquisa aponta a importância da Matemática Financeira no cotidiano do brasileiro. Assim, o presente trabalho tem como objetivo descrever, analisar e avaliar a importância de um planejamento financeiro, algumas operações financeiras, os cuidados ao solicitar financiamento, as taxas de juros e a implantação do ensino da educação financeira na escola. Para isso, estruturou-se em estudo de caso, no qual visa proporcionar maior familiaridade com o problema, com vistas a torná-lo mais explícito ou a constituir hipóteses. Nesse sentido, constatou-se que através do auxílio do conhecimento matemático, ambos, o financiando e o financiador poderão analisar as verdadeiras necessidades e condições para se tomar um empréstimo mais coerente cuja decisão conduza-o a um bom resultado, como no caso de uma empresa, a sua permanência no mercado, e de um consumidor primário, ao bom relacionamento no comércio.


Palavras-chave


Matemática Financeira, Planejamento Financeiro, Educação Financeira, Pessoas Físicas, Pessoas Jurídicas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v4i3.2220

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br