O MODELO TEÓRICO DE ANÁLISE DA APRENDIZAGEM DE BARBARA ROGOFF: DISCUSSÃO TEÓRICA E POSSIBILIDADES DE APLICAÇÃO DA ANÁLISE DE REDES SOCIAIS

Carlos Henryque Pompeu Gomes, Patricia Smith Cavalcante, Candy Marques Laurendon

Resumo


Este trabalho apresenta uma discussão sobre a teoria histórico-cultural em Barbara Rogoff. Foi analisado o trabalho da autora sobre o modelo de análise da aprendizagem em três planos: pessoal, interpessoal e comunitário, bem como os processos de desenvolvimento sobre a apropriação participatória, participação guiada e o aprendizado. Nosso objetivo foi analisar a concepção de aprendizado e desenvolvimento da autora e suas relações, e a metodologia usada para investigar a aprendizagem em culturas diferentes. Apresentamos uma abordagem complementar ao modelo de Rogoff, questionando a possibilidade de relacionar a sua abordagem teórica para o campo de Análise de Redes Sociais como suporte metodológico para a observação das atividades socioculturais.


Palavras-chave


Barbara Rogoff; Teoria histórico-cultural; Aprendizado; Apropriação Participatória; Participação Guiada; Análise de Redes Sociais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: emteia@gente.eti.br