A PRESENÇA DAS IDEIAS DE ROUSSEAU, PESTALOZZI E PIAGET NAS PESQUISAS BRASILEIRAS SOBRE O LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA

Fernando Guedes Cury

Resumo


Este artigo apresenta algumas ideias de Rousseau, Pestalozzi e Piaget que sustentam os argumentos favoráveis ao ensino de matemática e a formação de professores a partir dos laboratórios de ensino de matemática, do uso de materiais manipulativos e de atividades lúdicas e experimentais. O texto traz ainda os resultados de uma pesquisa bibliográfica que buscou analisar se trabalhos de mestrado e doutorado brasileiros fazem referência a algum daquele três pensadores ou a ideias alinhadas às suas. Constatamos que a maioria das pesquisas observadas, mesmo que não discutam diretamente as obras daqueles três nomes da educação, apontam argumentos que convergentes às suas propostas de ensino pautadas na observação, experimentação e manipulação de materiais concretos precedendo atividades com entes abstratos.


Palavras-chave


Rousseau; Pestalozzi; Piaget; Laboratório de Ensino de Matemática

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: emteia@gente.eti.br