A Literacia Probabilística na Perspectiva da Teoria Histórico-Cultural

Adriane Buchwitz Del TREJO

Resumo


Considerando que o homem é um sujeito histórico e social, este estudo bibliográfico possui uma abordagem metodológica de natureza qualitativa e delineamento descritivo explicativo, que tem como objetivo de relacionar os pressupostos da Teoria Histórico-Cultural (THC) com o ensino de Probabilidade nos anos iniciais do Ensino Fundamental focando no desenvolvimento da literacia probabilística e fazendo apontamentos correlacionando-os com referenciais curriculares. Assim, no decorrer do texto, tem-se a intenção do diálogo entre conceitos e ideias da Teoria Histórico-Cultural com os elementos cognitivos relacionados à literacia probabilística, apontando considerações dos referenciais curriculares do estado de São Paulo e nacionais. Como principais resultados, temos que os pressupostos desta teoria podem contribuir para uma prática educativa que priorize o aspecto social e para a aquisição de um conhecimento mais rico, mais ativo e mais significativo ao aluno.

Teoria Histórico-Cultural. Ensino de Probabilidade. Literacia Probabilística. Anos Iniciais. Ensino Fundamental.


ABSTRACT

Considering that man is a historical and social subject, this bibliographic study has a qualitative methodological approach and explanatory descriptive design, which aims to relate the assumptions of Historical-Cultural Theory (THC) with the teaching of Probability in the early years of Elementary Education focusing on the development of probabilistic literacy and making notes correlating them with curricular references. Thus, throughout the text, the intention is to dialogue between concepts and ideas of Historical-Cultural Theory with the cognitive elements related to probabilistic literacy, pointing out considerations of the curricular frameworks of the state of São Paulo and nationally. As main results, we have that the assumptions of this theory can contribute to an educational practice that prioritizes the social aspect and to the acquisition of a richer, more active and more meaningful knowledge to the student.

Historical-Cultural Theory. Probability Teaching. Probabilistic Literacy. Early Years. Elementary School.


RESUMEN

Considerando que el hombre es un sujeto histórico y social, este estudio bibliográfico tiene un enfoque metodológico de naturaleza cualitativa y diseño descriptivo explicativo, cuyo objetivo es relacionar los presupuestos de la teoría histórico-cultural (THC) con la enseñanza de la probabilidad en los primeros años de la escuela primaria centrados en el desarrollo de la literacia probabilística tomando notas y correlacionándolas con referencias curriculares. Por lo tanto, a lo largo del texto, la intención es dialogar entre conceptos e ideas de la teoría histórico-cultural con los elementos cognitivos relacionados con la literacia probabilística, señalando consideraciones de las referencias curriculares del estado de São Paulo y nacionales. Como resultados principales, tenemos que los presupuestos de esta teoría pueden contribuir con una práctica educativa que prioriza el aspecto social y la adquisición de un conocimiento más rico, más activo y más significativo para el estudiante.

Teoría Histórico-Cultural. Enseñanza de Probabilidad. Literacia Probabilística. Años Iniciales. Enseñanza Fundamental. 


RIASSUNTO

Considerando che l'uomo è un soggetto storico e sociale, questo studio bibliografico ha un approccio metodologico qualitativo e un disegno descrittivo esplicativo, che mira a mettere in relazione le ipotesi della teoria storico-culturale (THC) con l'insegnamento della Probabilità nel primi anni di scuola elementare concentrandosi sullo sviluppola literacia probabilistica e prendendo appunti correlandoli con i riferimenti al curriculum. Pertanto, in tutto il testo, l'intenzione è quella di dialogare tra concetti e idee della teoria storico-culturale con gli elementi cognitivi legati alla literacia probabilistica, sottolineando considerazioni sui riferimenti al curriculum dello stato di San Paolo e nazionali. Come risultati principali, abbiamo che i presupposti di questa teoria possono contribuire a una pratica educativa che privilegia l'aspetto sociale e all'acquisizione di una conoscenza più ricca, più attiva e più significativa per lo studente.

Teoria storico-culturale. Insegnamento della probabilità. Literacia probabilistica. Nei primi anni. Scuola elementare.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília: MEC, 2017.

CRESWELL, J. W. Projeto de Pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2010.

DAVYDOV, V. V. Tipos de generalizacion en la enseñanza. Havana: Pueblo y Educacion, 1982.

DAVYDOV, V. V. El aporte de Leontiev al desarrollo de la psicología. In: GOLDER, M. (Org.). Angustia por la Utopía. Buenos Aires: Ateneo Vigotskiano de la Argentina, 2002. p. 51-60.

GAL, I. Towards Probability Literacy For All Citizens: building blocks and instructional dilemas. In: JONES, G., (ed.). Exploring Probability in Schools: challenges for teaching and learning. Springer, New York, p. 39-63, 2005.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LEONTIEV, A. O Desenvolvimento do Psiquismo. Lisboa: Horizonte, 1978.

LURIA, A.R. A Atividade Consciente do Homem e Suas Raízes Histórico-sociais. In: LURIA, A.R. Curso de Psicologia Geral - vol 1. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979, p.71-84.

LURIA, A. R. Pensamento e linguagem: as últimas conferências de Luria. Trad. Diana Myriam Lichtenstein e Mario Corso. Porto Alegre: Artes Médicas, 1986.

MARTINS, L. M. Fundamentos da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica, 2012. Disponível em: http://ead.bauru.sp.gov.br/efront/www/content/lessons/78/Fundamentos%20da%20PHC%20e%20da%20PHC%20-%20MARTINS.pdf Acesso em: 05 out. 2019.

MOURA, M. O. et al. A atividade orientadora de ensino: unidade entre ensino e aprendizagem. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 10, p. 205-229, jan./abr. 2010.

ODY, M. C; VIALI, L. Alfabetização, Letramento e Literacia: da aquisição e das habilidades de leitura, de escrita e cálculo, à utilização de suas competências na estatística e na probabilidade. In: CONGRESSO IBERO AMERICANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 7, 2013, Actas [...], Montevidéu, Uruguai, 2013.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Currículo Paulista. São Paulo: SEDUC-SP, 2019.

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

VYGOTSKY, L. S. A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 1991.




DOI: https://doi.org/10.33052/inter.v6i11.247745

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Adriane Buchwitz Del TREJO

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.