Variabilidades Sazonais e Interdecadais da Chuva nas Microrregiões Geográficas do Estado da Paraíba (Seasonal Variability and Inter Decadal of the Rainfall in the Micro Regions of the State of Paraíba)

Hermes Alves de Almeida, Jório Bezerra Júnior

Resumo


O objetivo deste trabalho foi o de quantificar as variabilidades sazonais e interdecadais da precipitação pluvial nas diferentes microrregiões geográficas do estado da Paraíba. Para essas investigações foram utilizadas séries pluviais mensais e anuais, do período: janeiro de 1970 a dezembro de 2009, de seis cidades pertencentes às microrregiões do Agreste, Cariri, Curimataú, Serra do Teixeira, Seridó e Sousa. Cada série foi analisada, estatisticamente, comparando-se as médias anuais da chuva observada, nas escalas decadais e nas quatro estações do ano, com as respectivas médias aritméticas de cada uma das séries  o desvio padrão (DP). Os principais resultados mostraram que a precipitação pluvial, em qualquer uma das microrregiões, é irregular e assimétrica. No entanto, as médias observadas da precipitação, nas escalas temporais de décadas, interdecadais e/ou por estações, quando comparadas com as suas respectivas médias + DP foram, menores que as médias aritméticas das séries e/ou maiores que as médias - DP. O outono é a estação do ano mais chuvosa, intercalada pelo verão e inverno, sendo a primavera a mais seca. As épocas de chuvas na mesorregião do sertão paraibano se concentram no verão e outono e nas microrregiões do Agreste, Cariri e Curimataú entre o outono e inverno. A década de 90 foi a mais seca e a de 2000, a mais chuvosa. As dispersões nas médias decadais e sazonais da chuva observadas indicam uma elevada variabilidade natural no regime pluvial e não há indícios de mudanças climáticas.

 

 

A B S T R A C T

The objective of this study was to quantify seasonal and inter decadal rainfall variability in different geographic regions of the State of Paraíba. For these investigations monthly and annual rainfall series for the period were used: January 1970 to December 2009, six localities belonging to the micro region of the Cariri Curimataú, Serra do Teixeira, Seridó and Sousa. Each series was analyzed statistically by comparing the observed decadal averages of rainfall and the seasons with their arithmetic averages of the series ± standard deviation (SD). The main results show that precipitation, in any one of micro region, is irregular and asymmetric. However, the observed average rainfall, by decades, interdecadal and weather stations, when compared with their respective mean ± SD were always smaller than the arithmetic mean of the series and higher than average – DP. The autumn is the season of the rainiest year, interspersed by summer and winter, and springs the driest. The rainy periods in the middle region of the Paraiba backwoods concentrated in summer and autumn and in the micro regions of the Agreste, Cariri and Curimataú between autumn and winter. The 90s decade was the driest and 00, rainier. The dispersions in seasonal and decadal averages of observed rainfall indicate a high natural variability in rainfall patterns and show no signs of climate change.

Key-words: climate, climate variability, rainfall, climate change

 


Palavras-chave


clima, variabilidade climática, precipitação pluvial, mudanças climáticas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v7.5.p846-858



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License