Estudo de Vulnerabilidade Geotécnica Através de Análise Integrada em Ambiente SIG (Study of geotechnical vulnerability through integrated analysis in SIG platform )

Arthur Wippel de Carvalho

Resumo


O presente trabalho trata da análise integrada da vulnerabilidade geotécnica de uma microbacia hidrográfica no município de Brusque/SC, a microbacia Rio da Limeira. Para tal, foram utilizados dados oficiais de geologia, geomorfologia, pedologia, fitogeografia e climatologia, os quais foram classificados quanto à sua vulnerabilidade geotécnica. Posteriormente, foram inseridos em um ambiente SIG para serem integrados e gerarem um produto que representa o cruzamento dos dados descritos anteriormente, apresentando a vulnerabilidade de toda a microbacia Rio da Limeira. A ferramenta escolhida para a integração foi o Weighted Overlay, do software ArcGIS. Essa ferramenta permite o manuseio de arquivos do tipo raster, previamente classificados, e que devem receber valores numéricos quanto à classificação escolhida pelo usuário. Neste trabalho foi adotada uma escala de 1 a 3, na qual o valor 3 representa um cenário de estabilidade geotécnica, 2 uma vulnerabilidade intermediária, e 1 representa as áreas com vulnerabilidade instável. Como resultado, obteve-se um total de 6,08% da microbacia classificada como estável, 93,92% como intermediária e 0,0% como instável.

Abstract

 This paper deals with the integrated analysis of geotechnical vulnerability of a watershed in the city of Brusque / SC, the watershed of the Limeira River. To this end, were used official geological data, geomorphology, pedology, phytogeography and climatology, which were classified as to its geotechnical vulnerability. Later, they were entered into a GIS to be integrated and generate a product that represents the intersection of the above described data, showing the vulnerability of the entire watershed of the Limeira River. The chosen tool for integration was the Weighted Overlay, the ArcGIS software. This tool allows the handling of raster file types, previously classified, and must receive numerical values as the user classification. In this study, was adopted a scale of 1 to 3, in which the value 3 represents a scenario of geotechnical stability, an intermediate vulnerability 2, and 1 represents the areas with unstable vulnerability. As a result, was obtained a total of 6.08% of the watershed classified as stable, 93.92% as intermediate and 0.0% as unstable.

Keywords: Integrated Analysis, Geographic Imformation System, Geotechnical Vulnerability

 


Palavras-chave


Análise Integrada, Sistema de Informação Geográfica, Vulnerabilidade Geotécnica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.3.p909-920



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License