Proposição de Modelo de Corredores Ecológicos com Base no Sistema de Informações Geográficas na Região de Suape, Pernambuco, Brasil (Propose a Model for Ecological Corridors Based on Geographic Information System in the Region of Suape, Pernambuco,...)

Ricardo Padilha, Jose Luiz Portugal, Adriano Vicente dos Santos, Sônia Valeria Pereira, Tiago Vinícius Batista do Carmo

Resumo


A expansão de áreas agrícolas e urbanas, a implementação de projetos industriais, entre outras atividades antrópicas, promovem a alteração da paisagem original, criando outra, dominada por vários remanescentes da vegetação nativa. Estes remanescentes, denominados também de fragmentos florestais, são fundamentais para manutenção da biodiversidade existente no local. Porém uma paisagem fragmentada torna os remanescentes florestais isolados vulneráveis, nesse sentido, torna-se importante a concepção de conexões para interligar os fragmentos, diminuindo a pressão sobre sua diversidade e aumentando o fluxo de espécies, o fluxo gênico e a quantidade e qualidade dos hábitats existentes. Uma das formas de interconexão possíveis é a criação de corredores ecológicos, interligando os fragmentos, portanto, este estudo tem como objetivo indicar áreas para o estabelecimento de corredores ecológicos, por meio de um Sistema de Informações Geográficas (SIG), segundo critérios relacionados ao uso e ocupação do solo na Zona de Preservação Ecológica do Complexo Industrial Portuário Eraldo Gueiros - Suape (CIPS). Para tanto, foram utilizados atributos ambientais (variáveis), aos quais foram atribuídos pesos matemáticos e analisados por meio de geoprocessamento. Os resultados encontrados nesse estudo denotam a importância do uso do SIG como uma importante ferramenta para análise de áreas em grande escala, as áreas recomendadas para a implementação de corredores por meio da análise de geoprocessamento foram compatíveis com análises realizadas na paisagem, sendo que os pesos dados as variáveis foram eficientes em agrupar os atributos biológicos, físicos e antrópicos, resultando em conexões possíveis de serem realizadas em campo.

 

 

 

A B S T R A C T

The expansion of agricultural and urban areas, the implementation of industrial projects, among other human activities promote the alteration of the original landscape and creates another dominated by several remnants of native vegetation. These remnants, also called forest fragments are essential to maintain local biodiversity. But the isolated forest remnants in a fragmented landscape become vulnerable. Thus the design of connections for linking the fragments becomes important to reduce the pressure on its diversity and increase the flow of species, gene flow and the quantity and quality of existing habitats. One way of interconnection possible is the creation of ecological corridors, linking the fragments. Therefore this study aims to indicate areas to the establishment of ecological corridors through a Geographic Information System (GIS), following criteria related to the use and occupation of soil of Ecological Preservation Zone in Complexo Industrial Portuário Eraldo Gueiros - Suape (CIPS). To this end, we used environmental attributes (variables) that have been assigned mathematical weights and analyzed using geoprocessing. The result in this study show the importance of using GIS as an important tool for analyzing large-scale areas. The areas recommended for implementation of corridors through the analysis of GIS were consistent with analysis undertaken in the landscape with the weights data variables were efficient to group biological, physical and antropic attributes, resulting in connections that can be developed in the field.

Keywords: Ecological corridor, Atlantic fores, Interconection of fragment, Protection of ecosystems.

 


Palavras-chave


Corredores ecológicos, Floresta Atlântica, Interligação de fragmentos, Proteção de ecossistemas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.1.p079-090



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License