Influência das Variáveis Climáticas na Hospitalização por Pneumonia em Crianças Menores de Cinco Anos em Rondonópolis-MT (Influence of Variable Climate in Hospital for Pneumonia in Children Under Five Years in Rondonópolis-MT)

Débora Aparecida da Silva Santos, Pedro Vieira de Azevedo, Ricardo de Olinda, Amaury de Souza, Jullianna Vitorio Vieira de Azevedo, Michele Salles da Silva, Fernanda Pereira da Silva

Resumo


As infecções respiratórias agudas constituem o principal motivo de consulta e hospitalização de crianças menores de cinco anos, sendo a pneumonia uma das principais causas de morte. O objetivo desta pesquisa foi analisar a influência das variáveis climáticas na hospitalização por pneumonia em crianças menores de cinco anos em Rondonópolis-MT, no período de 1999 a 2014. Estudo do tipo transversal com abordagem quantitativa e descritiva, com dados do banco de dados meteorológicos para ensino e pesquisa e do departamento de informática do sistema único de saúde. Na análise estatística dos dados, foi ajustado o modelo binomial negativo pertencente à classe dos modelos lineares generalizados, adotando-se um nível de significância de 5%, com base na plataforma estatística R. Estimou-se que o número médio de casos destas hospitalização diminui em aproximadamente 11,34% a cada grau centígrado de aumento acima da média da temperatura do ar e diminua cerca de 1,52% a cada 1% de aumento acima da média da umidade relativa do ar. A precipitação pluviométrica não apresentou relação com a hospitalização. As atividades de promoção de saúde e de prevenção da pneumonia devem incluir ações que relacionem questões ambientais climáticas, voltadas para a diminuição dos casos de hospitalização de crianças.

 

 

 

A B S T R A C T

Acute respiratory infections are the main cause of consultation and hospitalization of children under five years, and the pneumonia one of the leading causes of death. The objective of this research was to analyze the influence of climate variables in hospitalization for pneumonia in children under five years in Rondonópolis-MT, from 1999 to 2014 cross-sectional study with quantitative and descriptive approach, with meteorological data from the database for teaching and research and information department of the unified health system. Statistical analysis of the data, the negative binomial model belonging to the class of generalized linear models, adopting a significance level of 5% has been adjusted, based on the statistical platform R. It has been estimated that the average number of cases these decreases hospitalization approximately 11.34% per degree centigrade increase above the air temperature and lower average about 1.52% every 1% increase above average relative humidity. Rainfall was not associated with hospitalization. The health promotion activities and prevention of pneumonia should include actions that relate climate environmental issues, aimed at reducing cases of hospitalization of children.

Keywords: Climate; pneumonia; child; hospitalization.

 


Palavras-chave


Clima; pneumonia; criança; hospitalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.2.p413-429



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License