Análise temporal da ocorrência de incêndios florestais no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (PESCaN), Goiás (Temporal analysis of the occurrence forest fires in the State Park of Serra de Caldas Novas (PESCaN), Goias State)

Bruno Gonçalves Paulino, Patrick Thomaz de Aquino Martins

Resumo


A ausência de informações quantitativas dos incêndios ocorridos no interior do Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (PESCaN) inviabiliza o planejamento de medidas preventivas e de manejo do fogo no interior desta Unidade de Conservação (UC). Deste modo, o objetivo deste trabalho consistiu na identificação, delimitação e quantificação de áreas queimadas no interior do Parque, utilizando produtos de sensoriamento remoto e um Sistema de Informações Geográficas. No período de 1984 a 2014 foram identificadas cicatrizes de incêndios em dezoito anos, sendo nas imagens do mês de setembro o registro das maiores extensões de áreas queimadas. O maior incêndio ocorreu em 2008, atingindo aproximadamente 87,94 % da área total. O menor registro de incêndio identificado ocorreu em 2004, atingindo uma área de 222,31 hectares, correspondendo a 1,83% do PESCaN. Através da sobreposição dos polígonos demarcados como incêndios, observou-se que o número de ocorrências em uma mesma área variou de 1 a 14 vezes, porém, constatou-se que todas as áreas foram queimadas ao menos uma vez no intervalo avaliado. Foi possível conhecer e constatar fatores históricos importantes, podendo, assim, subsidiar o planejamento e gestão do fogo nesta UC, além de contribuir para futuras pesquisas no PESCaN.

 

A B S T R A C T

The lack of quantitative information about the fires inside the State Park of Serra de Caldas Novas (PESCaN) prevents the development of preventive actions and fire management within this Conservation Unit (UC). Thus, the aim of this study was the identification, delimitation and quantification of burnt areas inside the Park, using remote sensing products and a Geographic Information System. In the period from 1984 to 2014 fire scars were identified in eighteen years, and in September the images show the largest tracts of burned areas. The largest fire occurred in 2008, reaching approximately 87,94% of the total area. The smallest identified fire record occurred in 2004, reaching an area of 222,31 hectares, corresponding to 1,83% of PESCaN. By overlapping the marked polygons as fire, it was observed that the number of occurrences in the same area varied from 1 to 14 times, however, it was found that all areas have been burned at least once in the range analyzed. It was possible to observe important historical factors which can, thus, support the planning and fire management in this UC, and contribute to future research in PESCaN.

Keywords: Conservation Unit, Cerrado, Geographic Information System, Burned Areas, Integrated Fire Management. 

 


Palavras-chave


Unidade de Conservação; Cerrado; Sistema de Informações Geográficas; Áreas queimadas; Manejo Integrado do Fogo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.5.p1465-1485



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License