Análise Multitemporal do Uso e Cobertura da Terra da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Jardim, Planaltina-DF (Multi-temporal analysis of land use and cover in the Alto Rio Jardim Watershed, Planaltina-DF, Brazil)

Carlos Henrique Nonato Vieira, Luciano Mansor de Mattos, Juaci Vitória Malaquias, Fabiana de Gois Aquino, Patrick Thomaz de Aquino Martins

Resumo


O monitoramento do Cerrado e dos recursos naturais nele presente é de importância para a preservação e conservação da biodiversidade e da qualidade de vida das populações, uma vez que, nas últimas décadas, o Cerrado vem passando por um intenso processo de mudança do uso da terra, com sua cobertura natural sendo convertida em áreas antropizadas. O presente estudo tem como objetivo analisar a dinâmica da paisagem, no decorrer das últimas três décadas, na Bacia Experimental do Alto Rio Jardim (BEARJ), Região Administrativa de Planaltina, Distrito Federal. Com aproximadamente 10.500 Ha e de ocupação predominante voltada para atividades agropecuárias, a bacia se destaca pela produção de grãos. Foram utilizadas imagens do programa Landsat, resultando no mapeamento multitemporal dos anos de 1985, 2000, 2010, 2015, o qual foi complementado pelo banco de dados do Projeto Ecovaloração (Embrapa Cerrados), que permitiu a espacialização e análise de informações relacionadas à categoria produtiva e origem do líder familiar das Unidades de Produção. Foi possível notar que a BEARJ está passando por mudanças no uso da terra, ficando evidente uma leve queda na cobertura vegetal natural nos primeiros anos de análise, sendo que essa classe passou por uma transformação mais intensa no período anterior a 1985, se mantendo próximo ao limite legal nos anos posteriores a 2000, de acordo com o código florestal anterior. Nesse caso, as mudanças mais significativas correspondem à conversão das pastagens para as culturas anuais até 2015.

 

 

 

A B S T R A C T

The monitoring of the Cerrado and its natural resources is important for the preservation and conservation of biodiversity and the quality of life to the populations from Midwest Brazilion. Since in the last decades, it has undergone an intense process of land use change, with its forest cover being converted to anthropized areas. The aim of this study is to analyze the dynamics of the landscape during the last three decades in the Alto Rio Jardim Watershed (BHARJ), Administrative Region of Planaltina, Federal District. With approximately 10,500 Ha and predominant occupation oriented to agricultural activities, the basin is inserted in the Tabatinga Rural Nucleus, and stands out due to the production of grains. It is also a space for a diversified production of vegetables, fruits and livestock. Geotechnology tools were used as methodological procedures for the treatment and interpretation of the georeferenced data, allowing the multitemporal mapping of the years 1985, 2000, 2010, 2015. This methodology was complemented by the database of the “Ecoevaluation” and “Productive Transition and Environmental Services” Projects (Embrapa Cerrados), which allowed the spatialization and analysis of information related to the productive category and cultural aspects related to the origin of the families residing in the production units. It was possible to observe that the BHARJ is undergoing changes in the land use, with slight fall in the natural forest cover in the first years of analysis, and more intense transformation in the previous period to 1985, remaining close to the legal limit in the years after 2000. In this case, the most significant changes correspond to the conversion of pastures to annual crops by 2015.

Keywords: Brazilian Savannah, remote sensing, cultural aspects, family farming, farmers


Palavras-chave


Cerrado, Sensoriamento Remoto, BEARJ, agricultura familiar, agricultura patronal

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Abramovay, R., 1997. Agricultura familiar e uso do solo. São Paulo em Perspectiva 11, 73-78. Disponível: file:///C:/Users/Carlos/Documents/Downloads/Agricultura_familiar (4).pdf. Acesso: 8 jul. 2016.

Almeida, A.S., Vieira, I.C.G. 2014. Conflitos no uso da terra em Áreas de Preservação Permanente em um polo de produção de biodiesel no Estado do Pará. Revista Ambiente & Água [online] 9. Disponível: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1980993X2014000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso: 10 set. 2016.

Anderson, J.R., Hardy, E.E., Roach, J.T., Witmer, R.E., 1976. A land use and land cover classification system for use with remote sensor data. U.S. Geological Survey Professional Paper, No. 964. USGS, Washington, D.C.

Bezerra, L.M.C., Cleps Junior, J., 2004. O desenvolvimento agrícola da região Centro-Oeste e as transformações no espaço agrário do estado de Goiás. Revista Caminhos de Geografia, Uberlândia [online] 5. Disponível: http://www.seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15339. Acesso: 5 jun. 2016.

Caliman, J.F., 2013. Caracterização do potencial agrícola da região rural de Planaltina/DF: Explorando o Sisater. TCC (Graduação). Planaltina. Universidade de Brasília. Disponível: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/6701/1/201_JessicaFazoloCaliman.pdf. Acesso: 9 jul. 2016.

Câmara, G. et al., 1996. SPRING: Integrating remote sensing and GIS by object-oriented data modelling. Computers & graphics 20, 395-403.

Chaves, M.R. 2008. Políticas de desenvolvimento regional: discriminação, (inter) nacionalização e (in) sustentabilidade do bioma Cerrado. 2008. Universo do Cerrado. Editora da UCG, Goiânia, GO, p. 310-348.

Coutinho, L.M., Zanetti, S.S., Cecílio, R.A., Garcia, G.O., Xavier, A. C., 2013. Usos da Terra e Áreas de Preservação Permanente (APP) na Bacia do Rio da Prata, Castelo-ES. Floresta e Ambiente [Online] 20. Disponível: http://www.floram.org/files/v20n4/v20n4a01.pdf> Acesso: 9 ago. 2016.

Donadio, N.M.M., Galbiatti, J.A., Paula, R.C., 2005. Qualidade da água de nascentes com diferentes usos do solo na bacia hidrográfica do Córrego Rico, São Paulo, Brasil. Engenharia Agrícola, Jaboticabal [Online] 25. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/ /eagri/v25n1/24877.pdf. Acesso: 9 set. 2016.

Erthal, G.J., Fonseca, L.M., Bins, L.S, Velasco, F.R, Monteiro, A.M., 1991. Um sistema de segmentação e classificação de imagens de satélite. Simpósio Brasileiro de Computação Gráfica e processamento de imagens, 4, São Paulo. Anais... São Paulo: Sociedade Brasileira De Computação, 1991, P. 14-17.

Freire, A.P., Castro, E.C., 2014. Análise da Correlação do uso e Ocupação do Solo e da Qualidade da Água. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, Porto Alegre [Online] 19. Disponível: https://www.abrh.org.br/SGCv3/UserFiles/Sumarios/c720cf8418e55a3f8a9c4280dafd717b_90f8621cd34013b4293a537120beb593.pdf. Acesso: 25 ago. 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2013. Manual Técnico de Uso da Terra. Disponível: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv81615.pdf. Acesso: 5 out. 2016.

Leite, M.E., Ferreira, M.F.F., 2013. Análise Espaço-Temporal do Uso da Terra na Bacia Hidrográfica do Rio Tabuas, Norte de Minas Gerais, com Aplicação das Geotecnologias. Revista Brasileira de Geografia Física [Online] 9. Disponível: http://www.revista.ufpe.br/rbgfe/index.php/revista/article/viewArticle/432. Acesso: 5 jun. 2016.

Lima, J.E.F.W., Silva, E.M., Eid, N.J., Martins, E.S., Koide, S., Reatto, A., 2007. Desenvolvimento e verificação de métodos indiretos para estimativa da erodibilidade dos solos da Bacia Experimental do Alto Rio Jardim /DF. Revista Brasileira de Geomorfologia [Online] 8. Disponível: http://www.ugb.org.br/home/artigos/RBG_8_2/RGB_SF03.pdf. Acesso: 25 jul. 2016.

Martins, P.T.A., Matos, R.M.P., Bueno, A.F., Paixão, A.C.A.S.S., 2015. Alterações na cobertura vegetal e uso da terra na Bacia Hidrográfica do Alto Rio Tocantins (Goiás): Influência das características físicas e a relação com as comunidades indígenas. Ciência e Natura [Online] 37. Disponível: https://periodicos.ufsm.br/cienciaenatura/article/view/15780/pdf. Acesso: 2 out. 2016.

Mattos, L.M., 2010. Decisões sobre usos da terra e dos recursos naturais na agricultura familiar amazônica: o caso do Proambiente. Tese (Doutorado). Campinas, Universidade Estadual de Campinas.

Mattos, L.M., Braga, L.M., Malaquias, J.V., Lima, J.E.F.W., Aquino, F.G., 2014. Relações entre Categorias Produtivas, Tipologias de produção e ativos de capital em bacia agrícola do Distrito Federal. In: Heterogeneidade e suas implicações no rural brasileiro, 52, Goiânia. Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia e Rural (SOBER). Goiânia. p. 1 - 20. Disponível: . Acesso: 26 abr. 2016.

Mattos, L.M. 2015. Caracterização agronômica dos sistemas de produção e análise dos processos de tomada de decisão sobre uso da terra nos estabelecimentos rurais que compõem a Associação de Agricultura Ecológica (AGE) / Distrito Federal. In: Agropecuária, Meio Ambiente e Desenvolvimento, 53, João Pessoa. Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia e Rural (SOBER). João Pessoa. p. 1 - 20. Disponível: . Acesso: 4 fev. 2016.

MDA. Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2016. O que é a agricultura familiar. Disponível: http://www.mda.gov.br/portalmda/noticias/o-que-é-agricultura-familiar. Acesso: 26 out. 2016.

MMA. Ministério do Meio Ambiente, 2015. PPCerrado. Disponível: http://www.mma.gov.br/florestas/controle-e-prevenção-do-desmatamento/plano-de-ação-para-cerrado-ppcerrado/projetos-de-apoio-ao-ppcerrado. Acesso: 16 jan. 2016.

Neves, G., Souza, J.P.S., Gomes, M.P., Reatto, A., Nardoto, G.B., Martins, E.S., Junior, A.F.C., 2015. Relação entre a dinâmica da expansão das atividades agropastoris e o relevo da bacia hidrográfica do rio São Bartolomeu, Planalto Central Brasileiro. In: Anais Xvii Simpósio Brasileiro De Sensoriamento Remoto, João Pessoa, 2015. p. 2015 - 2022. Disponível: . Acesso: 23 jun. 2016.

Pinheiro, A., Bertoldi, J., Vibrans, A.C., Kaufmann, V., Deshayes, M., 2011. Uso do solo na zona ripária de bacias agrícolas de pequeno e médio porte. Revista Árvore [Online] 35. Disponível: http://www.sifloresta.ufv.br/bitstream/handle/123456789/11647/Revista_Arvore_v35_n6_p1245-1251_2011.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso: 4 set. 2016.

Reatto, A., Correia, J.R., Spera, S.T., Chagas, C. S., Martins, É.S., Andahur, J.P., Godoy, M.J.S., Assad, M.L.C.L., 2000. Levantamento semidetalhado dos solos da bacia Rio Jardim-DF escala 1: 50.000. Embrapa Cerrados. Boletim de Pesquisa [Online] 18. Disponível: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/559207/1/bolpd18.pdf. Acesso: 25 jan. 2016.

Sano, E.E., Rosa, R., Brito, J.L., Ferreira JR, L.G., 2007. Mapeamento de cobertura vegetal do bioma Cerrado: estratégias e resultados. Planaltina: Embrapa Cerrados. Boletim de Pesquisa. Disponível: http://bbeletronica.cpac.embrapa.br/2007/doc/doc_190.pdf. Acesso: 5 de jun. 2016.

Vieira, C.H.N., Aquino, F.G., Lima, J.E.F.W., Martins, P.T.A., Mattos, L.M., 2016. Evolução temporal e espacial do uso da terra e dos recursos naturais em propriedades rurais de agricultura convencional de bacia agrícola do DF. Anais Jovens Talentos 2016. Brasília: Embrapa Cerrados.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v10.6.p085-098

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License