Aplicação de técnicas de análise espacial para otimização das rotas de coleta de material reciclável no município de Sorocaba - SP (Application of spatial techniques for optimization of recycling material collection routes)

Darllan Collins da Cunha e Silva, Vanessa Nastri Oliveira, Veronica Dias Dominato, Délvio Venanzi

Resumo


O aumento na geração de resíduos em decorrência do alto consumo da população tem causado preocupação devido ao seu potencial poluidor e à necessidade de novos locais para disposição. Uma alternativa para a redução de resíduos destinados ao aterro é a reciclagem. A coleta seletiva é o início da recuperação dos materiais que serão destinados à reciclagem, e pode ser realizada por trabalhadores que se unem em cooperativas, visando melhores condições de trabalho e renda. Diante do exposto, o presente estudo tem como objetivo otimizar as rotas de coleta de material reciclável realizada por uma cooperativa localizada no município de Sorocaba (SP), através do uso de técnicas de geoprocessamento. Após um levantamento de dados em campo, foi possível analisar o desempenho das rotas, o que possibilitou propor melhorias, visando minimizar percursos improdutivos e aumentar a quantidade de material reciclável a partir da identificação de ruas com potencial de cadastramento de novos domicílios. Foi possível propor uma redução de 3,41km na distância total percorrida semanalmente pelo caminhão e identificação de 24 ruas com potencialidade para aumentar 138 pontos de coleta (domicílios) nas rotas realizadas durante a semana. Após a implantação e adaptações realizadas nas rotas foi possível reduzir ainda mais 1,23 km de distância percorrida por semana, além de reduzir o tempo de coleta. Conclui-se que os métodos aplicados para avaliar as rotas de coleta de materiais recicláveis é eficaz, podendo ser um instrumento bastante útil para a gestão pública na tomada de decisão.



 

A B S T R A C T

 

The waste generation increasing due to the high consumption of the population has caused concern to polluting potential and the need for new disposal sites. An alternative to the reduction of waste destined for the landfill is recycling. The selective collection is the beginning of the recovery of the materials that will be destined to the recycling, and can be realized by workers who are united in cooperatives, aiming at better conditions of work and income. In view of the above, the present study aims to optimize the routes of recyclable material collecting in a cooperative located in the city of Sorocaba (SP), by geoprocessing techniques. After data collection in the field, was possible to analyze the routes performance, which made possible to propose improvements, to minimizing unproductive routes and increasing the amount of recyclable material from the identification of streets with the potential to register new homes. It was possible to propose a reduction of 3.41km in the total distance traveled by the truck per week and identification of 24 streets with the potential to increase 138 collection points (households) on the routes during the week. After the implementation and adaptations made on the routes was possible to reduce more 1.23 km of distance traveled per week and reduces the collection time. It is concluded that the methods applied to evaluate the routes of recyclable materials collection is effective and can be a very useful instrument for public management in decision making.

 

Keywords: Geoprocessing, Cooperative, Urban Waste, Selective Collection.



Palavras-chave


Geoprocessamento, Cooperativa, Resíduos Urbanos, Coleta Seletiva.

Texto completo:

PDF

Referências


Braga, J. O. N; Costa, L. A.; Guimarães, A. L.; Tello, J. C. R., 2008. O uso do geoprocessamento no diagnóstico dos roteiros de coleta de lixo da cidade de Manaus. Engenharia Sanitária e Ambiental 13, 387-394.

BRASIL, 2010. Lei nº 12.305, de 2 de agosto.

Brasileiro, L. A., Lacerda, M. G., 2008. Análise do uso de SIG no roteamento dos veículos de coleta de resíduos sólidos domiciliares. Engenharia Sanitária Ambiental 13, 356-360.

Bringhenti, J. R., 2004. Coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos: aspectos operacionais e da participação da população. Tese (Doutorado). São Paulo, Universidade de São Paulo.

Câmara, G., Daves, C., Monteiro, A. M., 2004. Introdução à Ciência da Geoinformação. São José dos Campos: INPE, 2004. Disponível em . Acesso em: 23 set. 2016.

Fitz, P. R, 2008. Geoprocessamento sem complicação, 1 ed. Oficina de Textos, São Paulo.

IBAM. Instituto Brasileiro de Administração Municipal, 2001. Manual de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos. Rio de Janeiro.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2010. Cidade@. Disponível: http://cod.ibge.gov.br/M4Q. Acesso: 23 Set. 2016.

Junior, A. P., Filho, P. C. O., 2010. Análise de rotas de coleta de resíduos sólidos domiciliares com uso de geoprocessamento. Revista Acadêmica Ciências Agrária e Ambientais 8, 131-144.

Lima, R. S., Lima, J. P., Silva, T. V. V., 2012. Roteirização em arcos com um sistema de informações geográficas para transportes: aplicação em coleta de resíduos sólidos urbanos. Journal of Transport Literature 6, 180-196.

Lourenço, R. W., Silva, D. C. C., Sales, J. C. A., Medeiros, G. A., Otero, R. A. P., 2015. Metodologia para seleção de áreas aptas à instalação de aterros sanitários consorciados utilizando SIG. Ciência e Natura 37, 122-140.

Ornelas, A. R., 2011. Aplicação de métodos de análise espacial na gestão dos resíduos sólidos urbanos. Dissertação (Mestrado). Belo Horizonte, Universidade Federal de Minas Gerais.

Silva, D. C. C., Lourenço, R. W., Donalisio, M. R., Cordeiro, R., 2014. Análise da relação entre a distribuição espacial das morbidades por obesidade e hipertensão arterial para o estado de São Paulo, Brasil, de 2000 a 2010. Ciência e Saúde Coletiva 19, 1709-1719.

Silva, D. C. C., Albuquerque Filho, J. L., Sales, J. C. A., Lourenço, R. W., 2016. Use of morphometric indicators as tools for assessment watershed. Revista Brasileira de Geografia Física 9, 627-642.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v10.6.p1812-1828

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License