PÍLULAS PARA MEMÓRIA: A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO URBANO NO BRASIL E NOS ESTADOS UNIDOS

Daniella Martins Costa

Resumo


Como preservamos cidades históricas no Brasil hoje? Esta é a questão central que o presente trabalho, fruto da tese de doutorado defendida em 2017, tenta responder. As cidades foram escolhidas como objeto de estudo para refletir sobre a preservação, especialmente no Brasil, por sua característica dinâmica, e assim como acontece com as rochas, os vestígios deixados por estas mudanças, se compactam e cristalizam, tornando possível a leitura de camadas da história em suas ruas e acervo construído.

Para entender melhor como lidamos com nossas cidades históricas no Brasil hoje, adotaremos como método a comparação, que vai partir de jovens cidades históricas em dois países americanos: o Brasil e os Estados Unidos. A escolha dos objetos de pesquisa foi feita baseada em pontos práticos que possibilitassem a comparação e na experiência de prática profissional da autora.

No Brasil, usaremos Paraty, no estado do Rio de Janeiro, como estudo de caso. Nos Estados Unidos, nosso estudo de caso se baseará na preservação da cidade de New Castle, situada no estado de Delaware, ao sul do estado de Nova Iorque. As cidades têm características semelhantes, como sua relação com a água e a organização do centro histórico, o que facilitará a comparação.

Palavras-chave


Preservação; Patrimônio urbano; Brasil, Estados Unidos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018

 

 

 

 

Indexadores e Bases bibliográficas:

                    

 

 

 

Programa de Pós Graduação em História - PGH UFRPE

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manuel de Medeiros, s/nº

Dois Irmão, Recife, PE, CEP: 52171-010

Prédio Professor Ariano Suassuna (1º Andar) 

ISSN: 2525-6092

 

 

 

Licença Creative Commons

A Revista Rural & Urbano está licenciado com uma Licença Creative Commons