SISTEMA EDUCATIVO RADIOFÔNICO DE BRAGANÇA: EDUCANDO JOVENS E ADULTOS NA AMAZÔNIA BRAGANTINA (1960-1970)

Rogério Andrade Maciel, Maria do Perpétuo Socorro Gomes de Souza Avelino de França

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a concepção de educação de jovens e adultos do sistema educativo radiofônico de Bragança - Pará (SERB), no período de 1960 a 1970. A pesquisa de natureza documental utilizou os seguintes documentos: o anuário da Diocese, o jornal do SERB e o livro do SERB – Tele-educação na Amazônia. Os autores que balizam a análise são Wanderley (1987), Freire (1997) e Fávero (2006). Os registros empíricos demonstraram que o SERB possuía uma concepção de educação de jovens e adultos que passou por inúmeras crises ideológicas entre o grupo conservador da igreja católica (os Barnabitas) e o grupo pautado pela consciência de libertação (progressistas do MEB). Em 1963 quando o SERB efetua um convênio com o MEB, este foi tolhido pelas ações da “revolução anticomunista”, rompendo com uma ideologia emancipatória neste sistema de ensino. 

 


 


Palavras-chave


Sistema educativo radiofônico, Educação de jovens e adultos, Movimento de educação de base, Amazônia Bragantina

Texto completo:

PDF


 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ