O crítico José Veríssimo: literatura, história e educação

Marcio Roberto Pereira

Resumo


Escrita no decorrer da carreira de José Veríssimo, a História da literatura brasileira: de Bento Teixeira (1602) a Machado de Assis (1908) representa a confluência de todas as atividades do crítico paraense como intelectual. Assim sendo, o objetivo desse trabalho é refletir sobre as tarefas de crítico e historiador literário e as de intérprete da nação brasileira, por meio da aproximação entre os discursos que compõem a História, em especial literatura e educação. Ao propor a definição dessas linhas, observa-se que a obra de José Veríssimo possui uma organicidade e um apuramento de seus critérios de análise.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Educação e emancipação. 2a. edição. Tradução de Wolfgang Leo Maar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

ALENCAR, Heron de. Sobre José Veríssimo. In: VERÍSSIMO, J. História da literatura brasileira: de Bento Teixeira (1601) a Machado de Assis (1908). 4a. edição. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1963.

BARBOSA, João Alexandre. A tradição do impasse: linguagem da crítica e crítica da linguagem em José Veríssimo. São Paulo: Ática, 1974

______. A biblioteca imaginária. São Paulo: Ateliê Editorial, 1996.

______. A História da literatura brasileira de José Veríssimo. In: BARBOSA, J. A. Alguma crítica. São Paulo: Ateliê Editorial, 2002.

CANDIDO, A. O direito à literatura. In: _______. Vários escritos. 4ª ed. São Paulo/Rio de Janeiro: Duas Cidades/Ouro sobre azul, 2004, p. 169-191.

_______. Literatura e cultura de 1900 a 1945. In: _______. Literatura e sociedade. 8a. edição. São Paulo: T. A Queiroz; Publifolha, 2000.

KANT, I. Textos Seletos. 2. ed. Tradução de Floriano de Souza Fernandes. Petrópolis: Vozes, 1985

PEREIRA, M. R. José Veríssimo: crítica, história e educação. Orientador: Dr. Luiz Roberto Velloso Cairo. Tese (Programa de Pós-graduação em Letras) - Faculdade de Ciências e Letras de Assis – Universidade Estadual Paulista, UNESP, FCL, Assis-SP, 2003. 349 f.

MARTINS, W. O crítico José Veríssimo. In: O Estado de S. Paulo (Suplemento literário). São Paulo, 14 de maio de 1957.

NUNES, B. Historiografia literária do Brasil. In: ______. Crivo de papel. São Paulo: Ática; Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional; Mogi das Cruzes, SP: Universidade de Mogi das Cruzes, 1998, p. 205-46

RENAULT, D. A vida brasileira no final do século XIX: visão sociocultural e política de 1890 a 1901. Rio de Janeiro; Brasília: José Olympio, INL, Fundação Nacional Pró-memória, 1987.

Sinopse do Recenseamento realizado em 1 de setembro de 1920, População do Brasil, "Coeficientes da população dos Estados do Brasil em 1872, 1890 e 1920 segundo o grau de instrução e a idade". Rio de Janeiro: Imprensa Estatística, s/d.

VENTURA, R. Estilo tropical; história cultural e polêmicas literárias no Brasil 1870-1914. 2ª reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

VERÍSSIMO, J. História da literatura brasileira: de Bento Teixeira (1601) a Machado de Assis (1908). 1o milheiro. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves & Cia, 1916.

______. A educação nacional. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1906.

______. Literatura brasileira. In: VERÍSSIMO, J. Letras e literatos: estudinhos críticos da nossa literatura do dia. Rio de Janeiro: José Olympio, 1936.

______. Estudos brasileiros (1877-1885). Pará: Tavares Cardoso & C, 1889.

______. Que é literatura? e outros escritos. Rio de Janeiro: Garnier, 1907_

______. José Veríssimo: teoria crítica e história literária. Seleção e apresentação de João Alexandre Barbosa. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Edusp, 1977.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.