Da análise automática do discurso à teoria materialista dos processos discursivos: um percurso histórico

Abraão Janderson dos Santos Amaral, Maraisa Lopes

Resumo


Este artigo analisa as relações de sentido inerentes à configuração teórico-metodológica da análise de discurso pecheutiana, tal como surgiu na França, durante o século XX. Para tanto, primeiramente foram delineadas as condições de produção sócio-histórico-políticas e intelectuais do início dos anos 1960 ao ano de 1983, tendo em vista os fatores extralinguísticos que incidiram sobre as reflexões linguísticas propostas. Em seguida, foram analisadas as ideias sobre linguagem suscitadas pelo projeto da AD, observando as posições-sujeito tomadas pelos fundadores da disciplina, bem como as relações interdiscursivas e os deslocamentos de sentido subjacentes aos saberes metalinguísticos.

Texto completo:

PDF

Referências


AUROUX, S. A revolução tecnológica da gramatização. Trad.: Eni P. Orlandi. Campinas: Editora da Unicamp, 2014.

ANDRADE, G. I. F. A extrema direita na França na década de 50: O movimento poujadista e a guerra da Argélia. In: XIV Encontro Regional de História, 14, 2014, Campos Mourão, PR. Anais... Disponível em: . Acesso em: 20/12/2018.

BALASSA, Bela. L'économie française sous la Cinquième République: 1958-1978. In: Revue économique, v. 30, n. 6, p. 939-971, 1979.

BERTAUX, Daniel; LINHART, Danièle; LE WITA, Beatrix. Mai 1968 et la formation de générations politiques en France. In: Association Le Mouvement Social. Le mouvement social. n° 143, avril-juin, Les Éditions ouvrières, Paris, 1988.

CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de análise do discurso. Cord. trad. Fabiana Komesu. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2016.

GADET, Françoise; HAK, Tony (Org.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da Unicamp, 2014.

GUESPIN, Louis. Introduction: types de discours ou fonctionnements discursifs?. In: Langages, 10ᵉ année, n°41, p. 3-12, 1976.

GUILHAUMOU, Jacques; MALDIDIER, Denise. L'analyse du discours à la recherche de l'historicité. Une tentative. Du propos au mot d'ordre: "Du pain" et (la question) des subsistances - La journée du 4 septembre 1793. In: LINX, n°4, p. 69-104, 1981.

HENRY, Paul; MOSCOVICI, Serge. Problèmes de l'analyse de contenu. In: Langages, 3ᵉ année, n°11, p. 36-60, 1968.

HENRY, Paul. Constructions relatives et articulations discursives. In: Langages, 9ᵉ année, n°37, p. 81-98, 1975.

______. Os fundamentos teóricos da “Análise Automática do Discurso” de Michel Pêcheux. In: GADET, Françoise et al. (Orgs.). Por uma análise automática do discurso: Uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da Unicamp, 2014. p. 11-38.

______. A ferramenta imperfeita: língua, sujeito e discurso. trad. Maria Castro. ed. 2. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2013.

MALDIDIER, Denise; ROBIN, Régine. Du spectacle au meurtre de l'événement: Reportages, commentaires et éditoriaux de presse à propos de Charléty (Mai 1968). In: Pratiques: linguistique, littérature, didactique, n°14, p. 21-65, 1977.

MALDIDIER, Denise. Elementos para uma história da análise do discurso na França. In: ORLANDI, E. P. (org.). Gestos de leitura: da história do discurso. 4. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2014a. p. 17-30.

______. O discurso político e a guerra da Argélia. In: ORLANDI, E. P. (org.). Gestos de leitura: da história do discurso. 4. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2014b. p.151-168.

______. Inquietação do Discurso: (Re) ler Michel Pêcheux hoje. Trad. Eni P. Orlandi. Campinas: Pontes, 2017.

MAZIÈRE, Francine. A análise do discurso: história e práticas. Trad. Marcos Marcionilo. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

NAÏR, Sami. A esquerda e o poder: a experiência francesa (1981-1997). Trad. Maria Rita Mendonça Sarti e Cortês. In: Perspectiva, São Paulo, v. 22, p. 233-249, 1999.

NARZETTI, C. N. P. A formação do projeto teórico de Michel Pêcheux: de uma teoria geral das ideologias à Análise do discurso. Dissertação. Mestrado em Linguística e Língua Portuguesa. Araraquara, São Paulo: Faculdade de Ciências e Letras – UNESP, 2008.

NUGARA, Silvia. Entrevista com Jean-Jacques Courtine. Trad. Carolina Fernandes. In: Organon: revista do instituto de Letras da UFRGS, Porto Alegre, v.24, n. 48, 2010.

ORLANDI, E. P. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. 4. Ed. Campinas, SP: Pontes, 2003.

______. A Análise de Discurso em suas diferentes tradições intelectuais: o Brasil. In: INDURSKY, F.; FERREIRA, M. C. L. (Org.). Michel Pêcheux e a análise do discurso: uma relação de nunca acabar. São Carlos: Claraluz, 2005. p. 75-90.

______; LAGAZZI-RODRIGUES, S. (orgs.). Introdução às ciências da linguagem: discurso e textualidade. Campinas, SP: Pontes Editores, 2006.

______. Língua e conhecimento linguístico: para uma história das ideias no Brasil. ed. 2. São Paulo: Cortez Editora, 2013.

______. (org.). Gestos de leitura: da história do discurso. 4. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2014.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso (AAD-69). In: GADET, Françoise; HAK, Tony (Org.). Por uma análise automática do discurso: Uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da Unicamp, 2014a. p. 59-158.

______; FUCHS, Catherine. A propósito da análise automática do discurso: atualização e perspectivas (1975). In: GADET, Françoise, HAK, Tony (Org.). Por uma análise automática do discurso: Uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da Unicamp, 2014. p. 159-250.

______. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Trad.: Eni Puccinelli Orlandi. 5. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2014b.

______. Língua, “Linguagens”, Discurso. In: ORLANDI, E. P (Org.). Análise de discurso: Michel Pêcheux – Textos selecionados por Eni P. Orlandi. 4. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015. p. 121-130.

PÊCHEUX, Michel; GADET, Françoise. Há uma via para a linguística fora do logicismo e do sociologismo?. In: ORLANDI, E. P (Org.). Análise de discurso: Michel Pêcheux – Textos selecionados por Eni P. Orlandi. 4. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015a. p. 295-310.

______. A Língua inatingível. In: ORLANDI, E. P (Org.). Análise de discurso: Michel Pêcheux – Textos selecionados por Eni P. Orlandi. 4. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015b. p. 93-106.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.