“Brasil, ame-o ou deixe-o”: uma análise das condições de produção

Ana Beatriz de Moraes Lima, Ana Carolina Oliveira, Bruna de Souza Santos, Ericles Pereira Soares de Lima

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo apresentar, identificar e analisar as condições de produção do slogan “Brasil, ame-o ou deixe-o”; a expressão foi inspirada na propaganda americana veiculada durante o período da guerra do Vietnã, adaptada ao Brasil durante a Ditadura Militar e retomada no ano de 2018 pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), após a eleição do presidente Jair Bolsonaro. Como metodologia, foi desenvolvida uma análise qualitativa do slogan selecionado, pensando no modo como foi utilizado na vinheta apresentada pela emissora e nas suas relações com a Ditadura Militar brasileira e a guerra do Vietnã. Tomando como base a teoria discursiva desenvolvida por Orlandi (2001) e levando em conta a memória discursiva e as materialidades linguística e não linguística, constatamos que o discurso materializado nesse slogan trabalha memórias discursivas diversas e atualiza os dizeres na história e na política, estando relacionado ao ufanismo e ao autoritarismo.


Palavras-chave


Análise de Discurso; condições de produção; slogan.

Texto completo:

PDF

Referências


AURO de Moura Andrade, à serviço do Golpe, declarou vaga a Presidência. Agência Senado, Brasília, 27 abr. 2014. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2014/03/27/auro-de-moura-andrade-a-servico-do-golpe-declarou-vaga-a-presidencia. Acesso em: 16 nov. 2019.

BOLSONARO diz que objetivo é fazer o Brasil semelhante 'ao que tínhamos há 40, 50 anos'. O Globo, Rio de Janeiro, 15 out. 2018. Disponível em: https://oglobo.globo.com/brasil/bolsonaro-diz-que-objetivo-fazer-brasil-semelhante-ao-que-tinhamos-ha-40-50-anos-23158680. Acesso em: 18 nov. 2019.

CAMPOS, João Pedroso de. Doze vezes em que Bolsonaro e seus filhos exaltaram e acenaram à ditadura. Veja, São Paulo, 1 nov. 2019. Disponível em: https://veja.abril.com.br/politica/doze-vezes-em-que-bolsonaro-e-seus-filhos-exaltaram-e-acenaram-a-ditadura/amp/. Acesso em: 18 nov. 2019.

FERREIRA, Maria Cristina Leandro. O quadro atual da Análise de Discurso no Brasil. Letras, Santa Maria, ano 19, n. 27, p. 39-46, jul./dez. 2003.

FREIRE, Sabrina. ‘Brasil, ame-o ou deixe-o’: SBT revive slogan e músicas da ditadura. Poder360, São Paulo, 6 nov. 2018. Disponível em: https://www.poder360.com.br/midia/brasil-ame-o-ou-deixe-o-sbt-revive-slogan-e-musicas-da-ditadura/. Acesso em: 10 nov. 2019.

MACHADO, Ana Paula. Em nova vinheta, SBT resgata slogan da ditadura militar. Exame, São Paulo, 7 nov. 2018. Disponível em:

https://www.google.com/amp/s/exame.com/brasil/em-novas-vinhetas-sbt-resgata-slogan-da-ditadura-militar/amp/. Acesso em: 10 nov. 2019.

MEDEIROS, Caciane Souza de. As condições de produção e o discurso na mídia: a construção de um percurso de análise. Sessões do Imaginário, Porto Alegre, ano 13, n. 20, p. 48-55, dez. 2008.

MUNTASER, Lara Denise. O poder da comunicação durante o regime militar brasileiro: uma análise crítica. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, p. 28, 2019.

ORLANDI, Eni P. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. 5 ed. Campinas: Pontes, 2001.

SIGMAN, Michael. A Brief History of Loving or Leaving America. HuffPost, 26 mar. 2012. Disponível em: https://www.google.com/amp/s/m.huffpost.com/us/entry/1377023/amp/. Acesso em: 19 nov. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.