Tipos funcionais vegetais em comunidade herbácea costeira da praia de Boa Viagem, Recife, Pernambuco, Brasil

Maria das Graças Santos das Chagas, Eduardo Bezerra de Almeida Jr., Rejane Magalhães de Mendonça Pimentel

Resumo


Comunidades Vegetais variam em composição e riqueza de espécies em relação às condições abióticas locais. O sucesso na colonização do espaço geográfico por cada espécie depende das estratégias adaptativas que a planta apresenta. Este estudo analisou as características morfológicas foliares em espécies estabelecidas em uma área de restinga, em uma fisionomia de praia, objetivando agrupar espécies com características morfológicas foliares similares. Detectou-se um alto índice de variações nas características morfológicas analisadas. As variações fenotípicas encontradas nas 27 espécies analisadas possibilitam um melhor desempenho deste órgão para a captação de luz e eficiência na fotossíntese. Deste modo, os grupos funcionais formados através das diferenças morfológicas podem ser considerados grupos com uma melhor proximidade morfológica do que filogenética por apresentarem uma maior homogeneidade nas características morfológicas do que na proximidade filogenética.

Palavras-chave


Restinga; Folha; Tipos Funcionais Vegetais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/1984-2295.20100011



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License