Florística de uma área de vegetação com influência marinha no litoral sul de Alagoas, Brasil (Floristic of a vegetation area with marine influence on south coast of Alagoas, Brazil)

Eduardo Bezerra de Almeida Jr., Monielle Alencar Machado, Daniel Portela Wanderley de Medeiros, Tassia de Sousa Pinheiro, Carmen Silvia Zickel

Resumo


Este estudo descreve a composição florística de uma área de dunas em Alagoas e analisa a similaridade florística com outras dunas do litoral nordestino buscando interpretar as relações entre a flora dessas áreas. O levantamento das espécies fanerogâmicas e a descrição fisionômica foram realizados na vegetação de dunas de Barra de São Miguel (09º50'24''S e 35º54'28''W) Alago as, Nordeste do Brasil, no ano de 2006, através de caminhadas aleatórias por toda a área. A coleta e identificação do material botânico seguiu a metodologia usual, com exsicatas depositadas no Herbário PEUFR. A similaridade florística foi realizada através da análise de Cluster (Índice de Jacard) usando o programa R. Foram listadas 70 espécies, 64 gêneros e 36 famílias. Fabaceae (com sete espécies), Cyperaceae (seis spp), Poaceae e Rubiaceae (quatro spp, cada) e Asteraceae, Boraginaceae, Euphorbiaceae, Malvaceae e Myrtaceae (com três espécies cada) destacaram-se quanto a riqueza, correspondendo a 51,4% do total de espécies. Foram classificadas oito formas de vida, com destaque para os nanofanerófitos (28,6%), caméfitos (22,9%) e terófitos (21,4%). Quanto à comparação entre a flora do presente estudo com outras áreas de dunas do Nordeste do país, a análise de agrupamento mostrou que as comunidades não são comparáveis em termos de similaridade florística, indicando uma clara diferenciação. Contudo, cabe salientar que essas diferenças podem refletir as variações abióticas associadas a cada ambiente, juntamente com a falta de estudos para as áreas de dunas.

 

A B S T R A C T

This study describes the floristic composition of an area of dunes in Alagoas and it analyzes the floristic similarity with other dunes along the northeast coast to understand the relationship between the flora of these areas. The survey of phanerogams species and physiognomy description were carried out in the dune vegetation in Barra de São Miguel municipality (09º50'24''S e 35º54'28''W) Alagoas State, Northeast of Brazil, in 2006, by random walks across the area. The collection and identification of plant material follows the usual methodology, with herbarium specimens deposited in the Herbarium PEUFR. The floristic similarity was performed by Cluster analysis (Jacard index) using the R program. They were listed 70 species, 64 genera and 36 families. Fabaceae (seven species), Cyperaceae (six species), Poaceae and Rubiaceae (four species, each), Asteraceae, Boraginaceae, Euphorbiaceae, Malvaceae and Myrtaceae (with three species, each) they stood out as the wealth, accounting for 51.4% of total species. Eight life forms were classified, especially the nanophanerophyte (28.6%), camephyte (22.9%) and terophyte (21.4%). Comparing the flora of this study with the lists of other areas of the Northeast dunes, cluster analysis showed that communities are not comparable in terms of floristic similarity, indicating dissimilarity. However, these differences may reflect variations abiotic in each environment, along with the lack of floristic studies in the areas of dunes in northeastern Brazil.

Keywords: Restinga, Northeast, Coastal Vegetation, Similarity

 

 


Palavras-chave


Restinga, Nordeste, Vegetação Costeira, Similaridade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.5.p1400-1409



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License