Influência da Liteira no Comportamento do Fluxo de Calor no Solo na Mata Atlântica (Litter Influence Soil Heat Flux Behavior in an Atlantic Forest Fragment of Alagoas)

Antonio Marcos Delfino de Andrade, Vicente de Paulo Rodrigues da Silva, Marcos Antonio Lima Moura, Aurelene Barros Santos, Rayonil Gomes Carneiro

Resumo


A complexa interação entre o solo, a vegetação e a atmosfera precisa ser bem entendida para aperfeiçoar os estudos meteorológicos, além de ajudar a monitorar e analisar os processos físicos naturais que ocorrem em áreas de floresta. Neste estudo foram comparados os comportamentos geral e sazonal do fluxo de calor no solo (FCS), saldo de radiação e precipitação. A pesquisa foi realizada na Reserva Particular do Patrimônio Natural, localizada no município de Coruripe, Alagoas, no período de março/2010 a maio/2011, a partir de dados observados numa estação micrometeorológica com equipamentos instalados a 24 metros de altura. O objetivo do estudo foi caracterizar o comportamento do FCS em uma área de Mata Atlântica em uma área com e outra sem cobertura de liteira para posterior comparação. Os resultados indicaram a influência da cobertura de liteira na interação solo-atmosfera, funcionando como isolante térmico. As chuvas descaracterizaram o perfil de FCS, que sempre apresentou máximos durante a estação seca e mínima na estação chuvosa. Observou-se ainda que FCS diminuiu gradativamente durante todo o período noturno, atingindo seus valores mínimos sempre às 06 h e máximos quase sempre entre às 14 e 15 h. 

 

 

A B S T R A C T

The complex interaction between soil, vegetation and atmosphere needs to be better understood to improve the meteorological studies, and help to monitor and analyze the physical processes occurring in natural forest areas. This study we compared the behaviors of general and seasonal soil heat flux (FCS), net radiation and precipitation. For this, a study was conducted in the Natural Heritage Private Reserve, located in the Coruripe, Alagoas, in the period from March 2010 to May 2011, with data observed a micrometeorological tower, installed with height from 24 meters. The intent was to characterize the behavior of the FCS in an Atlantic Forest area, with another no coverage and litter for comparison. The results indicated the influence of litter cover on the soil-atmosphere interaction, functioning as a thermal insulator. The rains mischaracterize FCS profile, that always showed higher maximum during the dry season and lower minimum in wet season. It was also observed that FCS decreased gradually throughout at nighttime, reaching their minimum always at 06 h and maximum values were almost always between at 14 and 15 h.

Keywords: soil; solar radiation; tropical forest 


Palavras-chave


solo; radiação solar; floresta tropical

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.5.p1294-1302



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License