Indicadores de Sustentabilidade Ambiental para Controle do Aedes Aegypti em Aracaju/SE (Indicators of environmental sustainability for Aedes Aegypti control in Aracaju / SE)

Flavia Regina Sobral Feitosa, Ivana Silva Sobral, Maria do Socorro Ferreira da Silva, Douglas Vieira Gois

Resumo


Indicadores de sustentabilidade ambiental são ferramentas que possibilitam a análise detalhada das formas de uso e ocupação do solo, auxiliando na gestão e proposição de estratégias de planejamento territorial mais eficazes para o enfrentamento dos condicionantes socioambientais que levam ao risco de adoecimento, sobretudo por doenças epidêmicas, como as transmitidas pelo Aedes aegypti. A cidade de Aracaju apresenta alto grau de infestação do referido mosquito, no ano de 2014 apresentou um alto índice de infestação predial (IIP). Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi mensurar indicadores de sustentabilidade ambiental para controle da infestação do mosquito Aedes aegypti no município de Aracaju- SE. Para tanto, foram consultados dados bibliográficos e documentais que serviram de base para a elaboração de mapas de uso e ocupação do solo e de qualidade da paisagem, dos anos de 2004 e 2013,aferição de indicadores,além de visitas in loco para análise das ações antrópicas na área. As análises foram realizadas em dois bairros da capital sergipana, a saber: Jabotiana e Cidade Nova, os quais foram selecionados por apresentarem respectivamente o menor e o maior IIP do mosquito da dengue no ano de 2014. Os resultados indicam que o bairro Cidade Nova possui índice de sustentabilidade ruim, o que indica maior risco à infestação, enquanto que o bairro Jabotiana apresenta boa sustentabilidade, condição que propicia menor risco à propagação do vetor. Ademais, os indicadores ambientais selecionados indicam que a qualidade ambiental dos territórios interfere diretamente na formação de criadouros e disseminação do Aedes aegypti.

 

A B S T R A C T

Environmental sustainability indicators are tools that enable detailed analysis of forms of land use and occupation, helping manage and propose more effective territorial planning strategies for addressing the social and environmental conditions that lead to risk of disease, especially for epidemic diseases, as transmitted by the Aedes aegypti. The city of Aracaju has a high degree of infestation of said mosquito, the year 2014 showed a Premise Index (PI). In this sense, the aim of this study was to measure environmental sustainability indicators for control of infestation of Aedes aegypti in the city of Aracaju-SE. Therefore, bibliographic data and documents were found which were the basis for the development of the use of maps and land cover and landscape quality, the years 2004 and 2013 benchmarking indicators, as well as site visits to analyze the actions anthropic in the area. Analyses were carried out in two districts of the capital of Sergipe, namely: Jabotiana and Cidade Nova, which were selected because they have respectively the lowest and the highest dengue mosquito PI in the year 2014. The results indicate that Cidade Nova neighborhood has bad sustainability index, which indicates higher risk of infestation, while Jabotiana neighborhood has good sustainability, a condition that provides less risk to vector propagation. In addition, the selected environmental indicators indicate that the environmental quality of territories directly affects the formation of breeding and spread of Aedes aegypti.

Keywords: sustainability indicators, Aedes aegypti, Aracaju-SE.

 

 


Palavras-chave


Indicadores de sustentabilidade, Aedes aegypti, Aracaju-SE.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.5.p1574-1590



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License