Metodologia para diagnóstico de cursos de água inseridos em áreas urbanas (Methodology to diagnosis of water courses inserted in urban areas)

Greyce Bernardes de Mello Rezende, Sergio Murilo Santos de Araújo

Resumo


Em vista da carência de metodologias que incluam os aspectos ambientais e urbanos voltados no diagnóstico da relação rio-cidade, este trabalho apresenta uma proposta de metodologia com tal finalidade, buscando integrar variáveis ambientais, urbanas e fluviais. Para tanto, têm-se como objetivo propor um modelo metodológico de diagnóstico de cursos de água urbanos através de uma perspectiva urbano-ambiental e de abordagem das vulnerabilidades socioambientais. Dessa forma a metodologia abarca três etapas, a saber: a) mapeamento dos níveis de vulnerabilidade socioambiental; b) mapeamento do grau de impermeabilização e tempo de concentração das sub-bacias; c) diagnóstico das margens dos rios, através dos aspectos ambientais, fluviais e de uso e ocupação. A fim de exemplificar a utilização da metodologia, foi efetuada sua aplicação em trecho do rio Araguaia e das Garças, na área urbana de três cidades: Barra do Garças - MT, Pontal do Araguaia – MT e Aragarças – GO, no Brasil. Ao final, observa-se que a metodologia proposta foi capaz de apontar um resultado eficaz, indicando trechos de degradação ambiental dos corpos hídricos bem como as áreas de vulnerabilidade socioambiental decorrentes de riscos de inundações, o que demonstra a importância de uma interface entre os aspectos urbanos e ambientais no trato das margens dos rios urbanos bem como de suas sub-bacias.

 

 

A B S T R A C T

In view of the lack of methodologies that include the environmental and urban aspects focused on the diagnosis of the river-city relationship, this paper presents a methodology for this purpose, seeking to integrate environmental, urban and river variables. Therefore, the objective is to propose a methodological model for the diagnosis of urban watercourses through an urban-environmental perspective and to approach socio-environmental vulnerabilities. In this way the methodology has three stages: a) mapping of the socio-environmental vulnerability levels; b) Mapping of the degree of waterproofing and time of concentration of sub-basins; c) Diagnosis of river banks, through environmental, river and use and occupancy aspects. In order to exemplify the use of the methodology, it was applied in the Araguaia and Garças rivers, in the urban area of three cities: Barra do Garças - MT, Pontal do Araguaia - MT and Aragarças - GO, in Brazil. At the end, it can be observed that the proposed methodology was able to indicate an effective result, indicating the environmental degradation of the water bodies as well as the socio-environmental vulnerability areas due to flood risks, which demonstrates the importance of an interface between the aspects Urban and environmental conditions in the treatment of urban river banks as well as their sub-basins.

Keyword: River-city, urban rivers, indicators, diagnosis


Palavras-chave


rio-cidade, rios urbanos, indicadores, diagnóstico

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Cardoso, A. S.; Baptista, M. B., 2009. Avaliação e classificação de cursos de água em bacias urbanas. In: Simpósio brasileiro de recursos hídricos, 8., Campo Grande. Anais... Porto Alegre: ABRH.

Cardoso, A. S., 2012. Proposta de metodologia para orientação de processos decisórios relativos a intervenções em cursos de água em áreas urbana. Tese (Doutorado). Belo Horizonte, Universidade Federal de Minas Gerais.

(CWP) Center for Watershed Protection, 2005. Urban Subwatershed Restoration Manual Series. An Integrated Framework to Restore Small Urban Watersheds.

MATO GROSSO, Secretaria de Estado do Meio Ambiente – SEMA, 2014. Relatório de monitoramento da qualidade da água da região hidrográfica Tocantins-Araguaia – 2010 e 2011. Araújo, A. A., Figueiredo, S. B. (orgs.). Cuiabá: SEMA/MT.

Mello, S. S., 2008. As funções ambientais e as funções de urbanidade em margens de cursos d’água. Oculum Ensaios Revista de Arquitetura e Urbanismo, Campinas, 49-6.

Rezende, G. B. M, 2015. As cidades e as águas: uma abordagem metodológica das vulnerabilidades socioambientais dos rios Araguaia e das Garças, nos municípios de Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Aragarças. Tese (Doutorado em Recursos Naturais). Campina Grande, Universidade Federal de Campina Grande.

Rezende, G. B. M., Araújo, S. M. S, 2015. Análise da taxa de impermeabilização e tempo de concentração nas sub-bacias da área urbana de Barra do Garças – MT, Pontal do Araguaia – MT e Aragarças – GO. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável [online] 10.Disponível: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v10i5.3727. Acesso: 19 nov. 2017.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v11.3.p1054-1078

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License